especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 17/03/2016 - 11h52

Governo tem de ser para o povo e não a serviço de uma facção, diz Reinaldo

Declaração é sobre crise e recentes notícias sobre o governo federal




Chico Ribeiro

Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).
Por Mayara Bueno do Campo Grande News / Redação Pantanal News

“O governo tem de ser a favor do povo brasileiro e não a serviço de uma facção”, disse o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB). A declaração é sobre a crise política no País e a repercussão da nomeação do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, suspensa há pouco pela Justiça.

 

Em evento de formatura do curso de formação de cabos da Polícia Militar, na manhã desta quinta-feira (17), Reinaldo disse que o “desgoverno” faz com que todos os estados e a população sofram. “A presidente Dilma tem de parar de pensar no seu partido e olhar para o País, olhar para as pessoas. Temos de ter um governo a favor do povo brasileiro e não a serviço de uma facção. Lugar de corrupto é na cadeia”.

Ainda disse que é necessário superar o momento. "Todos os estados sofrem com esse desgoverno. Mato Grosso do Sul não é diferente. Nós precisamos virar esta página. O Brasil é muito maior que a crise", falou o governador.

Nesta quinta-feira, o País vive reviravoltas na política, com a posse de Lula na Casa Civil, sob protesto de manifestantes em Brasília e São Paulo – outros manifestos estão previstos ao longo do dia, inclusive em Campo Grande. Minutos depois, a justiça do Distrito Federal suspendeu a nomeação dele, com efeitos imediatos, alegando que há indícios de cometimento de crime de responsabilidade.

Isto tudo ocorre na semana em que a delação do senador Delcídio do Amaral (sem partido) foi homologada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), gravações que sugerem a tentativa de compra do silêncio do parlamentar, por parte do governo, para evitar a colaboração premiada. Na quarta-feira (16), Lula resolveu aceitar o convite para assumir a Casa Civil, o que desencadeou protestos em pelo menos 16 estados.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
30/11/2017 - 09h34
Deputado Dr. Paulo Siufi recebe Prêmio Amigo do Cotolengo
29/11/2017 - 16h00
PL do deputado Dr. Paulo Siufi que proíbe linha chilena em pipas passa em 2ª votação
28/11/2017 - 10h01
Protesto não impede e Assembleia aprova reforma por 13 votos a 7
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.