especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 01/03/2016 - 13h00

Nova 'lei da dengue' em Dourados tem multa imediata por foco do Aedes

Lei entrou em vigor após discussão sobre o vírus da zika, diz secretário. Valor será o dobro em reincidência; multa deve ser recolhida em 10 dias.




Por Graziela Rezende do G1 MS / Redação Pantanal News

Moradores de Dourados, a 214 quilômetros de Campo Grande, estão sujeitos a multa imediata de até R$ 400 por foco do Aedes aegypti encontrado em residências. A nova “lei da dengue” entrou em vigor nesta segunda-feira (29) e tornou a punição três vezes maior para aqueles que não limparem o seu quintal.

“A discussão para alterar a lei ocorreu por conta do zika vírus, que pode trazer um dano irreversível e neurológico para as pessoas. E a conscientização é um método usado há décadas e sem efeito satisfatório, então decidimos aperfeiçoar o decreto”, afirmou ao G1 o secretário de saúde do município, Sebastião Nogueira.

Além da punição de R$ 400 por foco, as pessoas ainda podem pagar até R$ 600 caso sejam localizados pneus, garrafas e latas no local.

O mesmo valor é válido para proprietários de terrenos baldios. Já nas indústrias o valor de cada foco é R$ 600, sendo o dobro se estiver com objetos que servir de criadouro para o mosquito.

Para os órgãos públicos, a punição também é válida. “Os responsáveis por estes locais estão sujeitos as mesmas penalidades. Conforme o secretário, também ficou comprovado que 85% dos focos estão nas residências, em todo o país. “É por este motivo também que aperfeiçoamos o decreto e assim pode surtir efeito”, explicou Nogueira.

Desde 2010, os moradores da cidade pagavam R$ 100 por foco do mosquito. No entanto, o valor apenas era cobrado após a notificação e um novo flagrante. Agora a punição é imediata, de acordo com o secretário. "As fiscalizações continuam e agora com a multa imediata", disse.

Em vigor
A nova Lei da Febre Amarela, Dengue, Febre Chikungunya e vírus da Zika, entrou em vigor na segunda (29). O decreto foi aprovado na semana passada pela câmara de vereadores do município, sendo sancionada pelo prefeito Murilo Zauith (PSB) e publicada no Diário Oficial do Município.

Em caso de reincidência, o valor é cobrado em dobro. E a multa deve ser recolhida no prazo de dez dias. No caso de empresas e indústrias, a lei ainda determina interdição do estabelecimento até a solução do problema. O local ainda pode perder o alvará ou  licença, em caso de desrespeito ao Código de Posturas do Município.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
18/01/2018 - 08h05
CCZ faz no domingo ação para adoção de gatos e cães resgatados na Capital
16/01/2018 - 08h34
Prefeitura de Corumbá implanta ponto eletrônico
15/01/2018 - 10h28
Corumbá retoma serviço de pavimentação de alamedas com recursos próprios
12/01/2018 - 07h52
Governadora em exercício visita três cidades afetadas pela chuva nesta 6ª
03/01/2018 - 09h56
Bombeiros fazem salvamento de gatinho preso em rede de escola
 
Últimas notícias do site
18/01/2018 - 10h35
Carnaval de Corumbá: inscrições para concurso de fantasias seguem até 31 de janeiro
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
18/01/2018 - 08h35
PMA prender caçador com armas e munições
18/01/2018 - 08h05
CCZ faz no domingo ação para adoção de gatos e cães resgatados na Capital
18/01/2018 - 07h52
PMA captura tamanduá-mirim em rua de bairro da Capital
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.