zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 20/02/2016 - 08h45

Cerca de 1 t de lixo é recolhida em parque e evita reprodução do Aedes

Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, é aberto diariamente. Segundo gestor, fins de semanas chegam a ser produzidos 150 sacos.




Por G1 MS / Redação Pantanal News

Equipe percorre mata do parque para recolher materiais como sacola plástica, copos e garrafas (Foto: Divulgação/ Imasul)Equipe percorre mata do parque para recolher sacola plástica, copos e garrafas (Foto: Divulgação/ Imasul)

O Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) recolhe uma tonelada de lixo por mês no Parque das Nações Indígenas em Campo Grande. Além de manter o local limpo para os usuários, a ação também evita a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

De acordo com o gestor da unidade de conservação, Odilon Luiz Rigo, a maior quantidade é gerada nos fins de semana e feriados. Só nos fins de semana são recolhidos 150 sacos grande, enquanto em dias comuns são produzidos de 15 a 20 sacos de lixo por dia.

Rigo ressaltou ainda que todos os dias pela manhã, a equipe esvazia as lixeiras todos os dias assim que abrem os portões depois de reclamações. Além disso, a coleta do lixo não se restringe às cestas distribuídas pela pista de caminhada. Todas as manhãs uma equipe percorre os trechos de mata em busca de sacos, copos e garrafas plásticas, restos de comida, papel e outros materiais descartados fora do local apropriado.

O gestor da unidade de conservação ressaltou que o lixo na mata é um perigo, tanto para os animais que vivem no local como para a população, por causa da proliferação dos possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya.

De acordo com o diretor-presidente do Imasul, Jaime Verruck, o trabalho de eliminação de focos do mosquito também é intensivo nas demais unidades de conservação urbanas que estão sob a responsabilidade do órgão: Parque Estadual Matas do Segredo e do Prosa.

Monitoramento
Atualmente, 13 câmeras ajudam a Polícia Militar e o Imasul a fazer o monitoramento dos 119 hectares do Parque das Nações Indígenas. O trabalho ampliou a segurança dos frequentadores e ajudou a diminuir delitos no local, além de auxiliar no combate ao descarte irregular de lixo.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
16/10/2017 - 16h36
MS terá sistema de aviso de alagamentos por celular a partir de 2018
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 11h25
Restituição do IR já está disponível para 31,5 mil contribuintes de MS
16/10/2017 - 10h57
Semana começa com mais de 400 vagas em concursos e salários de até R$ 14 mil
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.