zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 19/02/2016 - 13h46

Ministra 'dá raquetada no Aedes aegypti' durante visita a escola em MS

Mulher fantasiada de mosquito pulou quando ministra recebeu raquete. Tereza Campello participa do dia de mobilização da educação contra o zika.




Por Gabriela Pavão do G1 MS / Redação Pantanal News

Tereza Campello 'dá raquetada' em mulher fantasiada de Aedes aegypti  (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)Tereza Campello 'dá raquetada' em mulher fantasiada de Aedes aegypti (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, “deu uma raquetada no Aedes aegypti” durante visita a uma escola de Campo Grande nesta sexta-feira (19). Uma mulher com fantasia do mosquito pulou no palco quando a ministra recebeu uma raquete elétrica de presente da secretaria municipal de Educação, Leila Cardoso Machado.

“Se a gente não conseguir entrar em cada casa não vamos conseguir acabar com o mosquito. Acho que hoje demos esse grande passo para conseguir ganhar essa guerra contra o mosquito”, declarou Tereza Campello.

 

O prefeito da capital sul-mato-grossense, Alcides Bernal (PP), disse que o esporte preferido da cidade vai ser matar mosquito. “É uma raquete, que é um esporte que é praticado aqui, uma raquete que mata mosquito. Esse é o nosso esporte predileto.”

A agenda da ministra em Campo Grande para Dia Nacional de Mobilização da Educação contra o Zika começou pela escola municipal Senador Rachid Saldanha Derzi, no bairro Noroeste. Lá, ela ganhou exemplar da planta crotalária, que pode ajudar no combate ao Aedes aegypti por atrair libélula, que é predadora do mosquito. “Acho que a gente tem que fazer tudo o que puder. Matar mosquito antes de nascer”, afirmou.

No discurso aos estudantes, Tereza Campello afirmou que as crianças integram exército que vai ajudar a acabar com o mosquito da dengue, chikungunya e do vírus da zika.

“Sabe por que tem tanta gente importante aqui hoje [se referindo a autoridades na escola]? Porque vocês [crianças] são muito importante para a gente, porque são as nossas crianças que vão ajudar a gente a construir o Brasil. Segundo, porque acreditamos que vocês são nosso maior exército para ajudar a acabar com o mosquito. Mosquito praga, chato. Então vocês vão ter que ser mais chatos que o mosquito com a família, em casa, porque temos que acabar com esse mosquito”, declarou.

Bernal disse que Campo Grande está fazendo seu dever de casa. “Esforço não será em vão porque vamos somar toda a família no mesmo propósito. Algo que parecia um simples mosquito passou da dengue, chegou a chikungunya e já é o zika vírus, que causa males e sequelas. Não queremos multar e prejudicar, não é esse nosso objetivo”, destacou, completando que 86% dos casos de dengue ou foco de mosquito foram constatados dentro das casas e que apenas 6% dos casos estão em áreas ou terrenos que têm mato.

Durante o evento na escola municipal Senador Rachid Saldanha Derzi, foi feita uma apresentação cultural sobre a trajetória do mosquito Aedes aegypti.

A vista da ministra continua no Centro de Educação Infantil (Ceinf) José Eduardo Martins Jallad, no Parque dos Poderes, e no Cras Margarida Simões Correia Neder, no bairro Futurista.

Ministra Tereza Campello recebe planta crotalária durante visita a escola em MS (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)Bernal, Tereza Campello - com planta crotalária - e Leila Machado (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 16h10
Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
18/10/2017 - 16h05
Corumbá: Estudantes devem fazer rematrícula para vaga na Rede Municipal de Ensino
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.