especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 04/02/2016 - 06h05

Rio em MS sobe 6 metros em poucas horas e deixa 34 famílias desabrigadas

Essa é a 3ª vez que o rio sobe e invade casas dos ribeirinhos em Bela Vista. Chuva dos últimos dias piorou situação das rodovias no sul do estado.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

O nível do rio Apa, na região de Bela Vista, subiu seis metros em poucas horas e surpreendeu a população ribeirinha. Cerca de 34 famílias tiveram de deixar a região após a invasão das águas nas casas nesta quarta-feira (3).

Essa é a terceira vez que o nível do rio sobe e invade as casas que ficam aqui nas margens. Os desabrigados foram para casa de amigos, familiares e até para um abrigo da prefeitura. Mas apesar dos riscos, tem gente que insiste em ficar em nessas áreas de risco e não saem de jeito nenhum.

Além da cheia do rio, as chuvas dos últimos dias pioraram a situação de algumas rodovias da região sul do estado. Na MS-386, entre Ponta Porã e Amambai, há pelo menos 10 pontos intransitáveis, num trecho de 80 quilômetros. Na MS-156 é tanto buraco que o Ministério Público pediu providências ao governo do estado.

Já o principal acesso a Tacuru está bloqueado há mais de dois meses, por causa de uma cratera. Os moradores têm que usar uma estrada de terra para entrar na cidade. Em plena colheita da soja, muitos agricultores não conseguem escoar a produção por causa da condição das estradas.

O governo do estado informou que faz um levantamento técnico dos estragos. Depois desse estudo, vai definir as medidas que serão tomadas.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
01/12/2017 - 12h48
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos em Corumbá
30/11/2017 - 08h12
Reinaldo recebe ministro das Cidades para entrega de 327 casas no interior
29/11/2017 - 07h05
Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá
 
Últimas notícias do site
11/12/2017 - 14h35
Homens ameaçam policias com faca e são presos
11/12/2017 - 07h05
PMA de Aquidauana realiza Educação Ambiental para alunos e professores indígenas
11/12/2017 - 06h40
Semana começa sem chuva em boa parte de MS e máxima chega aos 38ºC
08/12/2017 - 15h54
Final de semana será de chuva e temperaturas altas em todo MS
07/12/2017 - 10h30
Comando do 6° Distrito Naval comemora o Dia do Marinheiro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.