zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 27/01/2016 - 06h15

Ibama apreende 13 aves silvestres com risco de extinção em cativeiro

Fiscalização foi feita nessa semana e resultou em multas de R$ 38 mil. Segundo denúncia, aves eram capturadas em fazendas de MS.




Por G1 MS / Redação Pantanal News

Aves silvestres eram capturadas em fazendas e levadas para a capital de MS (Foto: Joanice Battilani/ Ibama)Aves silvestres eram capturadas em fazendas e levadas para a capital de MS (Foto: Joanice Battilani/ Ibama)

O Instituto Brasileiro do meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu 13 aves silvestres em cativeiro na área urbana de Campo Grande, na última segunda-feira (25). A instituição recebeu uma denúncia de que os animais eram capturados em uma fazenda e levados para a cidade.

De acordo com a nota do Ibama, divulgada nesta terça-feira (26), foram apreendidos dois papagaios-verdadeiros, três tucanos, um periquito, uma maracanã e seis canários-da-terra. As multas aplicadas totalizaram R$ 38 mil e os animais foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras).

Todas as espécies da família dos psitacídeos que inclui papagaios, maritacas, periquitos, estão na Convenção de Comércio Internacional da Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (Cites). O documento também abrange o tucano-toco, conhecido como tucanaçu, habitante em todo o Brasil central e parte da Amazônia.

A Chefe da Divisão Técnico Ambiental da Superintendência do Ibama do estado, Joanice Lube Battilani, ressalta que capturar espécies da fauna silvestre ou manter em cativeiro ou depósito sem autorização ambiental é crime ambiental. A pena para esse tipo de crime é de detenção de seis meses a um ano e multa de R$ 500 a R$ 5.000, por indivíduo se a espécie estiver em listas oficiais de fauna brasileira ameaçada de extinção.

 

Três tucanos estavam presos em uma gaiola (Foto: Joanice Battilani/ Ibama)Três tucanos estavam presos em uma gaiola (Foto: Joanice Battilani/ Ibama)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
25/05/2017 - 08h51
'Árvore de tucanos' é paisagem diária para casal de aposentados de MS
24/05/2017 - 14h08
Cheia se consolida e rio Paraguai mantém há 24 dias mesmo volume de água
18/05/2017 - 15h17
Cartilha informa pescadores e turistas sobre legislação e regras de pesca em MS
08/05/2017 - 09h13
Projeto Arara Azul é finalista em prêmio nacional
05/05/2017 - 06h08
Rota das Monções: passeio em MS para conhecer exploração dos índios e do ouro no século XVII
 
Últimas notícias do site
26/05/2017 - 12h16
Projeto prevê salas de amamentação em shoppings, aeroporto e igrejas
26/05/2017 - 11h48
Polícia Militar capturou quatro foragidos da justiça nos últimos dias
26/05/2017 - 10h59
PMA apreende meia tonelada de pescado e aplica R$ 33 mil em multas
26/05/2017 - 10h20
Fim de semana em MS tem eventos gratuitos na capital e no interior
26/05/2017 - 09h25
7º Batalhão da PM fecho o cerco contra assaltos à bancos
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.