zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 18/01/2016 - 09h15

Rio Aquidauana baixa 71 centímetros, mas famílias continuam em abrigos




Divulgação

Rio Taquari está com 46 centímetros a menos que medição feita no sábado (16).
Por Liana Feitosa do Campo Grande News / Redação Pantanal News

O rio Aquidauana baixou e está com 8,40 metros na manhã desta segunda-feira (18). Desde a quinta-feira (15), quando atingiu 9,34 metros, o nível caiu mais de 90 centímetros. No sábado, a medição chegou a 9,11 metros, diferença de 71 centímetros na comparação com o número de hoje. 

 

Segundo a Defesa Civil da cidade de Aquidauana, a 135 quilômetros da Capital, nenhuma família voltou para casa ainda. Isso acontecerá, não apenas depois que não houver mais água nas casas, mas, também, após vistorias.

"As casas vão precisar de água limpa, serão dedetizadas e, ainda, vistoriadas pela Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros. Só depois de tudo isso é que serão liberadas para as famílias", explica o coordenador da Defesa Civil, Mário Raváglia.

Na região, não foram registradas chuvas no sábado, nem no domingo.

Taquari - Em Coxim, cidade a 260 quilômetros de Campo Grande, o rio Taquari chegou a 5,30 metros no sábado (16) à noite, mas também já teve seu nível diminuído e, agora, está 46 centímetros abaixo, com 4,84 metros. A região permanece com uma família desabrigada e 10 desalojadas.

A situação do Rio Miranda continua em alerta, mas o volume do rio baixou 3 centímetros desde ontem (17). De sábado para domingo, o nível subiu 4 centímetros, mas passou a baixar e marca, agora, 7,52 metros.

Esse rio atingiu seu pico de 7,57 metros no sábado (16), às 19h, configurando a 4ª maior cheia em 51 anos, ultrapassando a de 2011, segundo o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

Todas essas informações foram confirmadas pelo instituto, que afirmou, nesta manhã, que todas as estações de medição estão em nível descente.

 
Segundo Defesa Civil de Aquidauana, casas só serão liberadas após dedetização e vistorias da Defesa Civil e Bombeiros. (Foto: Fernando Antunes)Segundo Defesa Civil de Aquidauana, casas só serão liberadas após dedetização e vistorias da Defesa Civil e Bombeiros. (Foto: Fernando Antunes)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 09h01
Móveis confeccionados por reeducandos de Aquidauana são doados à Pestalozzi
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
16/10/2017 - 10h16
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
13/10/2017 - 06h12
Aeroporto Internacional opera normalmente nesta sexta-feira
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 09h52
Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE
20/10/2017 - 09h30
Enem 2017: locais de prova já estão disponíveis no cartão de confirmação
20/10/2017 - 09h09
PMA prende jovem com rifles e munições ilegais
20/10/2017 - 08h40
Corumbá tem dois projetos selecionados para fase nacional do prêmio MPT na Escola
20/10/2017 - 08h07
PMA autua fazendeiro por degradação de matas ciliares
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.