zap
GOV EMPREGO 22-06
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meteorologia - 13/01/2016 - 09h00

Devido a cheia de rios, 22 famílias estão desabrigadas em municípios




O Pantaneiro

Nível do Rio Aquidauana subiu 16 centímetros e atinge nesta quarta-feira 8,96 metros.
Por Renata Volpe Haddad do Campo Grande News / Redação Pantanal News

São 22 famílias desabrigadas por causa da cheias nos rios Aquidauana e Taquari, segundo a Defesa Civil de Mato Grosso do Sul. Em Palmeiras, distrito de Dois Irmãos do Buriti, distante 83 km de Campo Grande, três famílias estão desabrigadas e 12 foram desalojadas. Em Coxim, distante 260 km da Capital, uma família está desabrigada.

Nesta quarta-feira (13) o número de famílias desabrigadas em Aquidauana, continua sendo 18, que estão em duas escolas. Segundo o coordenador da Defesa Civil municipal, Mário Raváglia, o nível do rio Aquidauana subiu 16 centímetros durante a noite e atinge o 8,96 metros.

 
RIo Taquari, em Coxim, começou a baixar nesta quarta-feira. (Foto: Divulgação)RIo Taquari, em Coxim, começou a baixar nesta quarta-feira. (Foto: Divulgação)

Conforme o coordenador da Defesa Civil de Dois Irmãos do Buriti, Ronaldo Ângelo, o nível do rio em Palmeiras, começou a estabilizar nesta manhã e está 7,2 metros. "O nível do rio começou a baixar e se continuar assim, tudo vai voltar ao normal até o fim desta semana", alega.

As famílias desabrigadas foram colocadas na escolaNero Menezes Ávila e as 12 desalojadas estão na casa de parentes, segundo o coordenador. "Nosso primeiro passo é pensar na ajuda humanitária e é isso que estamos fazendo. O próximo passo é entregar ao prefeito o relatório dos estragos causados pelas chuvas, para ele decidir se vai decretar situação de emergência, algo que eu acho que vai ser necessário", informa.

As estradas rurais de Dois Irmãos do Buriti e Palmeiras estão intransitáveis e quatro pontes foram completamente destruídas, devido as chuvas. Ângelo explica que duas pontes que dão acesso a Fazenda Boituva, linha de transporte escolar, estão destruídas. Uma ponte de concreto que dá acesso a Fazenda Joia também foi levada pelas águas das chuvas e outra ponte com acesso a Fazenda Morro Grande está destruída.

"Estamos com problemas nas estradas vicinais e estamos com dificuldade de acesso principalmente para quatro assentamentos rurais, que são o Paulo Freire, Marcos Freire, Piúva e Santa Amélia, além da falta de acesso para seis aldeias indígenas", comenta.

 
Em Coxim, uma família está desabrigada e preferiu sair de casa, por medo de enchente. (Foto: Divulgação)Em Coxim, uma família está desabrigada e preferiu sair de casa, por medo de enchente. (Foto: Divulgação)

Em Coxim, o coordenador da Defesa Civil, Gilberto Portela afirma que o nível do rio Taquari baixou e está em 4,56 metros. "A família ribeirinha que está desabrigada preferiu sair da casa porque a água já estava na calçada da residência e sempre quando tem enchente, eles perdem os móveis, a família optou sair da casa", informa.

Na área urbana de Dois Irmãos, o coordenador alega que houve alagamentos em 18 casas, mas nenhuma das famílias destas residências ficaram desabrigadas, sendo necessário apenas fazer a limpeza dos locais.

Estado – O coordenador da Defesa Civil Estadual, Coronel Isaias Bittencourt, informa que há um esquema de monitoramento em Coxim, Aquidauana e Dois Irmãos, com abrigo provisório pronto. "Estamos monitorando e se atingir o nível de alerta, vamos retirar as famílias ribeirinhas da casa", explica.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
28/06/2017 - 06h15
Quarta-feira sem previsão de chuvas, com ar seco e máxima de 32ºC no Estado
23/06/2017 - 14h06
Fim de semana será de clima seco, com noites frias e tardes ensolaradas
19/06/2017 - 11h16
Neblina encobre céu da Capital e sensação térmica é de 0ºC no interior
16/06/2017 - 15h30
Fim de semana ainda será de calor e temperatura começa a cair na 2ª feira
14/06/2017 - 14h23
Feriado terá céu nublado e névoa úmida, mas termômetros de até 34ºC
 
Últimas notícias do site
28/06/2017 - 12h48
Gás de cozinha começa a faltar em MS e preço deve subir ainda mais
28/06/2017 - 11h25
Produtos típicos de festa junina estão até 18% mais caros neste ano
28/06/2017 - 10h35
IFMS abre vagas para pós-graduação em Aquidauana, Corumbá e Naviraí
28/06/2017 - 09h09
Polícia Militar recupera motocicleta furtada
28/06/2017 - 08h00
Retirada dos jacarés de cartão postal de MS é suspensa por causa de risco à multidão
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.