especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 11/01/2016 - 08h51

Rio Aquidauana atinge 7,98 metros e chuva chega a 151 mm em 11 dias

O Rio Aquidauana já está 5 metros acima do seu nível normal, que é de 2,99 m.




João Éric

Segundo a Defesa Civil, a última medição feita na manhã desta segunda-feira (11) apontou 7,98 m. "O rio subiu 12 centímetros somente durante esta noite", completa Mário Raváglia, coordenador do órgão na cidade.
Por Liana Feitosa do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Continua chovendo nas cidades de Aquidauana e Anastácio, no oeste do Estado, distante 135 quilômetros de Campo Grande. O Rio Aquidauana já está 5 metros acima do seu nível normal, que é de 2,99 m. Nos primeiros 11 dias deste ano, já foram contabilizados 151 milímetros de chuva na região. 

Segundo a Defesa Civil, a última medição feita na manhã desta segunda-feira (11) apontou 7,98 m. "O rio subiu 12 centímetros somente durante esta noite", completa Mário Raváglia, coordenador do órgão na cidade.

Afetados - Cinco famílias ribeirinhas tiveram a casa invadida pela água e foram retiradas do local. Dessas, três foram para a residência de parentes e as outras duas foram encaminhadas para a escolamunicipal Rotary Clube com a ajuda da Secretaria de Obras, que retira os móveis das famílias para não ocorrerem perdas materiais.

Desde o início do domingo até o momento já choveu cerca de 50 milímetros na região, segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Se considerados os valores de chuva registrados desde o dia 1 de janeiro, foram contabilizados 151 milímetros de chuva em 11 dias.

 
Em sua página no Facebook, prefeito de Anastálio, Douglas Figueiredo, publicou imagens de ruas romadas pela água e crateras abertas pela enxurrada. (Foto: Reprodução/ Facebook)Em sua página no Facebook, prefeito de Anastálio, Douglas Figueiredo, publicou imagens de ruas romadas pela água e crateras abertas pela enxurrada. (Foto: Reprodução/ Facebook)

No Facebook - Devido às chuvas, o prefeito de Anastácio, Douglas Figueiredo, está percorrendo várias regiões para registrar os estragos e contabilizar prejuízos, inclusive na zona rural. Em sua página no Facebook, publicou imagens de ruas romadas pela água e crateras abertas pela enxurrada.

De acordo com o coordenador da Sala de Situação do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS), Lincoln Curado, o volume de chuva dos últimos dias elevou o nível do Rio Aquidauana e o aproximou, de forma muito rápida, de sua cota de emergência.

Limite máximo - “Na manhã deste domingo, o monitoramento da nossa PCD (Plataforma de Coleta de Dados) instalada no rio apontava que ele estava subindo na proporção de 5 centímetros por hora", detalha.

Lincoln explica que, ao atingir 8 metros, o rio atinge sua cota de emergência. Isso significa que, a partir deste limite, as águas começam a transbordar e a inundar outras áreas.

 
Ao atingir 8 metros, o rio atinge sua cota de emergência. Isso significa que, a partir deste limite, as águas começam a transbordar e a inundar outras áreas. (Foto: João Éric)Ao atingir 8 metros, o rio atinge sua cota de emergência. Isso significa que, a partir deste limite, as águas começam a transbordar e a inundar outras áreas. (Foto: João Éric)
 
Cinco famílias ribeirinhas tiveram a casa invadida pela água e foram retiradas. (Foto: João Éric)Cinco famílias ribeirinhas tiveram a casa invadida pela água e foram retiradas. (Foto: João Éric)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
02/02/2018 - 06h21
Corumbá: Prefeito recebe pecuaristas e apresenta ações para o Rio Taquari
01/02/2018 - 08h00
Corumbá: Secretaria de Educação entrará em contato com cadastrados na lista de espera
31/01/2018 - 08h00
Corumbá se consagra como corredor logístico do MS com importação de ureia
26/01/2018 - 08h33
Governador retorna das férias e entrega obras em Maracaju
22/01/2018 - 09h01
Luto: Faleceu em Corumbá o advogado Adelmo Salvino de Lima
 
Últimas notícias do site
20/02/2018 - 08h30
Cidades de MS amanhecem com ‘cara de inverno’ após madrugada chuvosa
19/02/2018 - 06h49
Semana começa com garoa e previsão é de tempo instável em MS
16/02/2018 - 06h53
AGENDONA: Fim de semana de enterro dos ossos, música, teatro, oficinas e mais
16/02/2018 - 06h13
Inmet prevê sol entre nuvens e chuva para sexta-feira em todo o MS
15/02/2018 - 16h16
A Falta de Educação
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.