zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 29/12/2015 - 06h42

Campo Grande depende de ministério para ter vacina contra a dengue




Marcos Ermínio

UPA da Capital; vacina pode diminuir demanda nas unidades de saúde
Por Filipe Prado do Campo Grande News / Redação Pantanal News

A rede pública de saúde de Campo Grande depende do Ministério da Saúde para saber se distribuirá, via SUS(Sistema Único de Saúde), a vacina contra a dengue. O registro da medicação, primeira do tipo no Brasil, foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nesta segunda-feira (28).

 

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), para que o medicamento seja distribuído, o Ministério da Saúde deve fazer uma avaliação, a partir impacto orçamentário da incoporação da vacina no sistema, de acordo com o preço estipulado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos.

O medicamento deve começar a ser vendido no Brasil no começo de 2016, prometendo proteger contra os quatro tipos do vírus da dengue. A vacina é indicada para pessoas com idade entre 9 anos e 45 anos, tendo 93% de proteção contra casos graves e redução de 80% nas internações, assegurou o fabricante.

O secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, reforçou que há trâmites para serem completados, a partir da aprovação da vacina. Mas, assegurou que é “um bom resultado em prol do avanço para combater a doença”.

Sobre a utilização do medicamento no sistema público de saúde, Ivandro declara que irá esperar o pronunciamento do Ministério da Saúde, que vai avaliar se vale a pena incorporar o produto ao sistema público de imunizações.

A médica infectologista Priscila Alexandrino apontou que a vacina será excelente para o tratamento da doença. “Podemos evitar ou minimizar os sintomas. Isso é muto importante”, comenta. Ela lembrou que o paciente não pode ser medicado, a não ser para melhorar os sintomas gerais, mas nada que combata o vírus.

Para a infectologista, a fabricação da vacina pode ter demorado porque foi preciso uma fórmula capaz de proteger contra os quatro subtipos da doença. “É muito positivo neste sentido”, ressalta a médica. Sobre o preço, Priscila não soube apontar valores, mas acredita que serão caros durante os primeiros lotes.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
18/10/2017 - 10h09
Com chuvas isoladas, temperatura em MS chega a 41ºC na sexta-feira
18/10/2017 - 09h38
Com temperatura de até 41 graus, outubro já teve 87 mm de chuva
18/10/2017 - 09h23
Polícia captura mais dois foragidos da justiça
18/10/2017 - 08h13
Calor e vento propagam incêndio que já destruiu 30 mil hectares de parque
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.