especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 08/12/2015 - 06h05

Governador de MS sobrevoa região sul atingida por temporais

Executivo reconheceu situação de emergência em 14 cidades. Campo Grande registrou estragos após temporal no fim de semana.




Por G1 MS / Redação Pantanal News

Governador de Mato Grosso do Sul sobrevoa região sul após temporais (Foto: Chico Ribeiro/Subcom-MS)Governador (no centro, de azul) visitará três municípios nesta segunda (Foto: Chico Ribeiro/Subcom-MS)

O governador de Mato Grosso do SulReinaldo Azambuja (PSDB), sobrevoa nesta segunda-feira (7) a região sul do estado, após temporais causarem estragos em vários municípios. Ele reconheceu na última semana estado de emergência nas cidades atingidas.

Em um helicóptero do Comando Militar do Oeste (CMO), Azambuja saiu de Campo Grande por volta das 8h (de MS) para Amambai . O tucano foi acompanhado dos secretários de Casa Civil, Sérgio de Paula, de Infraestrutura, Marcelo Miglioli e do coordenador-adjunto da Defesa Civil, tenente-coronel Adriano Rampazo.

O plano de voo prevê visitas a TacuruNaviraí e Caarapó, onde uma barragem se rompeu no domingo (7). O governador retorna à capital por volta das 17h. O objetivo do sobrevoo é encontrar áreas afetadas pela chuva ainda não identificadas.

Emergência
O governo de Mato Grosso do Sul, após as fortes chuvas que atingiram a região sul do estado, reconheceu a situação de emergência dos 14 municípios atingidos. Além de pontes, diversas rodovias, galerias e dutos foram destruídos ou danificados parcialmente em Tacuru, Naviraí,
ItaquiraíAral MoreiraCoronel Sapucaia, Amambai, IguatemiSete QuedasParanhos, Caarapó, Juti, Novo Horizonte do SulJaporã e Eldorado.

Mais de 30 casas estão alagadas em Bela Vista, segundo município (Foto: Hemerson Buiú/Top Notícia)Mais de 30 casas estão alagadas em Bela Vista,
segundo a prefeitura
(Foto: Hemerson Buiú/Top Notícia)

Bela Vista
Passa de 70 o número de desabrigados devido a enchente desse domingo (6), em Bela Vista, município distante 309 quilômetros de Campo Grande. Ao G1, a secretária de Assistência Social, Pamela Pires Nunes, disse que o nível do rio Apa continua subindo.

Assistentes sociais e uma equipe da Secretaria de Obras do município trabalha no resgate aos moradores, além da PMA. Uma equipe do Exército Brasileiro também está disponível para o transporte das famílias até os prédios públicos, segundo Pâmela. Os locais devem abrigá-las temporariamente até que a situação seja normalizada.

Jardim
A cidade a 217 quilômetros de Campo Grande registrou vários estragos devido a temporal no sábado (5). Várias árvores caíram, inclusive em carros, e um circo chegou a desabar por conta dos fortes ventos na região.

A "ponte velha" foi interditada pelo Corpo de Bombeiros no domingo (6) por apresentar riscos à população.

Caarapó
Devido ao rompimento de uma barragem de quase 20 metros de altura no balneário de Caarapó nesse domingo, o prefeito Mário Valério (PR) está em Campo Grande nesta segunda-feira (7) em busca de recursos financeiros junto ao governo do estado para reconstruir a estrutura.

O lago do balneário, que tinha mais de 30 anos, foi totalmente esvaziado depois do rompimento no domingo. Ninguém ficou ferido. A cidade está entre os municípios que decretaram situação de emergência e teve prejuízos, também, com pontes e estrada.

Ruas ficaram cobertas pela água da chuva (Foto: Vivian de Castro/TV Morena)Ruas ficaram cobertas pela água da chuva
(Foto: Vivian de Castro/TV Morena)

Campo Grande
Em Campo Grande, a chuva do fim de semana teve ventos de 42 km/h causou alagamentos, estragos e inundações em 17 pontos da capital. O Corpo de Bombeiros registrou cerca de 20 chamados, sendo sete emergenciais.

Também foi registrado uma morte no Córrego Anhanduizinho. A perícia esteve no local e a informação é que a vítima caiu com a enxurrada e o corpo foi encontrado a metros de distância. A vítima ainda não foi identificada. Os bombeiros também fizeram o escoamento da água em casas alagadas.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
01/12/2017 - 12h48
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos em Corumbá
30/11/2017 - 08h12
Reinaldo recebe ministro das Cidades para entrega de 327 casas no interior
29/11/2017 - 07h05
Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá
 
Últimas notícias do site
12/12/2017 - 14h30
Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional
12/12/2017 - 12h51
Emoção, luzes e alegria marcam a noite de abertura da Vila do Natal em Aquidauana
12/12/2017 - 08h51
Governo divulga resultado dos recursos do concurso da Polícia Civil
12/12/2017 - 08h42
Calor predomina e meteorologistas alertam para baixa umidade do ar
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.