especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Geral - 01/12/2015 - 11h10

Em MS, mulheres têm a expectativa de viver 7,1 anos a mais que homens

Dados são da pesquisa 'Tábuas Completas de Mortalidade' do IBGE. Expectativa de vida média no estado é de 75 anos.




Por Anderson Viegas do G1 MS / Redação Pantanal News

Em Mato Grosso do Sul uma mulher tem a expectativa de viver 7,1 anos a mais do que um homem. Segundo a pesquisa “Tábuas Completas de Mortalidade do Brasil de 2014”, divulgada nesta terça-feira (1º), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a esperança de vida ao nascer de uma pessoa do sexo masculino no estado era de 71,6 anos, enquanto que para o sexo feminino a projeção subia para 78,7 anos.

De acordo com o instituto, as diferenças das projeções entre os sexos refletem os altos níveis de mortalidade de jovens e adultos por causas violentas. O órgão enquadra como violentas as mortes provocadas por causas externas como: acidentes de trânsito, afogamentos, suicídios, homicídios e quedas acidentais, entre outros.

A expectativa média de vida no estado, que leva em consideração dados dos dois sexos, ficou em 75 anos. Foi a décima no ranking nacional e ficou abaixo da média nacional, 75,2 anos. A maior esperança de vida no país foi registrada em Santa Catarina, com 78,4 anos e a menor no Maranhão, com 70 anos.

Se a esperança de vida no estado está abaixo do patamar nacional, outro indicador apresentado na pesquisa, o de mortalidade infantil, que aponta as probabilidades de um recém-nascido morrer antes de completar o primeiro ano de vida, está acima da média brasileira.

Conforme o IBGE, em 2014, a taxa de mortalidade infantil no estado foi de 14,9 óbitos para cada mil nascidos vivos, enquanto que a do país foi de 14,4 óbitos para cada mil nascidos vivos. A do estado foi a décima no Brasil. A maior foi registrada no Amapá, 23,7 e a menor no Espírito Santo, 9,6.

O instituto destacou que a mortalidade de crianças menores de um ano é um importante indicador da condição socioeconômica de uma região e que mesmo estados como o Espírito Santo, por exemplo, que teve a menor média do pais, ainda estão longe das taxas encontradas nos países desenvolvidos, como o Japão e a Finlândia, que possuem taxas na ordem de 2 por mil.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
15/12/2017 - 10h21
Cachorro é resgatado de penhasco de 15 metros por bombeiros em MS
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
12/12/2017 - 06h18
Recupere a magia do natal decorando sua casa com criatividade e sem gastar muito
04/12/2017 - 06h36
Depois do Bolo Vulcão, sabor com muita cobertura agora é Bolo Piscina
04/12/2017 - 06h33
Confira as ocorrências dos Bombeiros do fim de semana
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.