zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Forças Armadas - 21/11/2015 - 06h39

Marinha do Brasil e a Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR) realizam Fórum que debaterá alternativas para o desenvolvimento sustentável do transporte hidroviário no Rio Paraguai




Fotos: Divulgação




Navios do Comando da Flotilha de Mato Grosso durante Comissão percorrendo o Rio Paraguai



Transporte de cargas na hidrovia do Rio Paraguai em Mato Grosso do Sul
Por Assessoria / Redação Pantanal News

O Comando do 6º Distrito Naval e a Sociedade “Amigos da Marinha” (SOAMAR) realizarão no período de 25 a 27 de novembro, na cidade de Corumbá-MS, o Fórum “Rumos da Hidrovia: ações para o desenvolvimento sustentável do transporte no Rio Paraguai”.

O evento tem como propósito precípuo fomentar o debate construtivo sobre os desafios e as perspectivas para o desenvolvimento sustentável do transporte hidroviário na calha do Rio Paraguai, sendo dividido em dois blocos de palestras (privado e governamental), de modo a garantir um ambiente equânime para a apresentação de proposições.

O inequívoco interesse e oportunidade de que se reveste este Fórum, não só porque responde às preocupações e anseios de um grande número de entidades públicas e privadas, mas também porque será franqueado um privilegiado espaço de reflexão e debate sobre essa importante matéria que muito beneficiará a população pantaneira.

Em suma, o evento visa estabelecer uma discussão salutar, no intuito de conjugar as potencialidades econômicas que o Rio oferece, sem descuidar da sua preservação, para que essa alavancagem intermodal, logo – econômica, seja não só benéfica, mas, sobretudo longeva. Nesse sentido, na ocasião será lançado o Projeto “Cabeceiras do Pantanal”, uma iniciativa da Rede Matogrossense de Televisão e do Instituto do Homem Pantaneiro, que servirá de esteio aos debates, pois, não se pode pensar em transporte hidroviário sem a preservação dos rios.

Oportuno se toma dizer que a Hidrovia do Paraguai é fundamental para o desenvolvimento do Mercosul. No presente, o transporte no Rio Paraguai é limitado a um número restrito de commodities, principalmente minérios e açúcar, segundo dados do Ministério dos Transportes. Um número potencial de commodities adicionais poderia ser transportado pelo Rio Paraguai, sendo as commodities mais promissoras: soja, farelo de soja e milho. A região de Cáceres no Mato Grosso, por exemplo, tem uma área de atendimento que cobre um raio de 500 km, correspondendo atualmente à produção de aproximadamente 12 milhões de toneladas de grãos.

Somente se o trecho entre Cáceres e Corumbá for melhorado (dragado), e as conexões entre as regiões de produção no Mato Grosso e o terminal próximo a Cáceres forem otimizadas, uma parte substancial de soja e/ou milho poderia ser transportada pelo rio Paraguai. Além do mais, a carga de retorno (por exemplo, fertilizantes) seria de interesse para a navegação no Rio Paraguai, uma vez que poderia ser realizada com menor custo, uma vez que os comboios teriam de retornar a Corumbá de qualquer forma.

Mas a grande contrapartida da ampliação do sistema hidroviário de transporte é a maior competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional, bem como o desenvolvimento regional das diversas áreas envolvidas no processo. Quando há uma estrutura de transporte mais organizada, os custos diminuem, aumentando a competitividade brasileira, gerando mais desenvolvimento.

Segundo dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), somente o Estado de Mato Grosso tem uma movimentação atual de grãos da ordem 27,5 milhões de toneladas (equivalente a 14,9% da produção) e um potencial para 40,3 milhões de toneladas (cerca de 60% da produção). A movimentação atual de grãos gira em torno de 200 mil toneladas, sendo que a capacidade de transporte de grãos é de três milhões de toneladas e capacidade total de transporte seria de 15 milhões de toneladas, caso fossem feitos os investimentos em dragagens/derrocamentos e sinalização.

Em tempos de rarefeitas perspectivas no cenário econômico do País, o Fórum surge como uma oportuna iniciativa, oferecendo a possibilidade não só de discutir de maneira ampla os diversos interesses atinentes ao transporte hidroviário no Rio Paraguai, mas também de construir novos entendimentos e iniciativas, permitindo que se possa vislumbrar um quadro prospectivo bem mais favorável que o atual.

O Fórum contará com a participação efetiva de representantes do Governo Federal, Estadual e Municipal; entidades não governamentais; além de lideranças empresariais e acadêmicas. A programação do evento contemplará os seguintes assuntos: Sistema de Segurança do Tráfego Aquaviário, Licenciamento Ambiental, Políticas para o setor Hidroviário, Situação Atual do Acordo Hidrovia Paraguai-Paraná (HPP), dentre outros temas afins.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/04/2017 - 13h23
Marinha está com 239 vagas para nível superior
12/04/2017 - 10h43
MS: Exército apreende caminhão com meia tonelada de maconha e armas
11/04/2017 - 08h00
Comando da Flotilha de Mato Grosso realiza exercício de Pick-up com carga viva
10/04/2017 - 15h44
Exército põe 900 homens na Operação Ágata, mas não revela resultados
05/04/2017 - 15h50
Marinha do Brasil abre 64 vagas para Engenheiros
 
Últimas notícias do site
20/04/2017 - 16h22
Deputado Dr. Paulo Siufi recebe Medalha Tiradentes da PM de MS
20/04/2017 - 16h15
Dr. Paulo Siufi cobra cumprimento de lei que monitora eletronicamente os exames de direção veicular
20/04/2017 - 16h02
Ação humana coloca em xeque a conservação de aves do Pantanal
20/04/2017 - 15h48
Conab enviará mais 59,45 mil t de milho para municípios do Norte e Nordeste
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.