zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 16/11/2015 - 07h23

Campo Grande recebe 1º ambulância UTI móvel para animais, a 3º do país




Divulgação

Este é o modelo da ambulância que será obrigatória para o resgate destes animais
Por Juliana Brum do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Campo Grande é a terceira cidade, depois de São Paulo e Belo Horizonte, a ter uma ambulância especial para o transporte de animais que sofreram alguma cirurgia, atropelamentos ou com alto índice de doenças virais contagiosas.

A determinação veio do Conselho Federal de Medicina, resolução nº 1015, de 9 de novembro de 2012, que obriga que o transporte dos animais não seja mais feito por taxidogs, como sempre foi realizado por clinicas e até pet shops.

A ambulância com unidade de UTI móvel será semelhante as do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), terá giroflex, macas retráctil especificas para o transporte dos animais e balão de oxigênio.

Segundo Robson Maniero, diretor administrativo de convênio veterinário, a medida passa a ser obrigatória após abertura de uma empresa especializada. O Conselho Federal é quem determina a lei e o Conselho Regional irá fiscalizar e até multar as clinicas que não se adequarem ao uso da ambulância para os casos obrigatórios.

"A ambulância custou R$100 mil e para quem não for associado do convênio, haverá a possibilidade de pagar apenas pelo transporte pela taxa de R$ 150,00, durante o dia e aos finais de semana, ou à noite por R$ 200,00, enquanto os associados pagaram R$ 180,00 por ano", destaca o diretor presidente do Convênio veterinário que terá a primeira ambulância para animais do Estado.

Os proprietários e veterinários da Capital dizem que já conhecem a lei, mas agora que o Estado passará a ter uma ambulância estão pensando como vão aderir.

A veterinária Elaine Cristina Teixeira, 36 anos, está pensando na mudança. "Temos a clínica há dois anos e ainda não decidi se continuarei a manter o serviço de transporte de animais em casos de emergências ou se irei parar, mesmo sendo associada do convênio veterinário".

Segundo a dona de pets, Janete Beck, o serviço da ambulância é muito importante por que em questões de minutos pode salvar a vida de um animal.

A técnica do Conselho Regional de Medicina, Ana Carolina Siqueira, 28 anos, lembra que há diferença entre unidades de remoção de animais que são usadas nos casos de apenas transportes de animais com a ambulância que é vistoriada pelo Conselho.

"Esta será a primeira na Capital e estamos guardando o a solicitação de registro para após vistoria feita estar pronta para circular legalmente" explicou Ana Carolina.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.