zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Geral - 31/10/2015 - 06h20

'Asteroide do Halloween' passa em ponto mais perto da Terra este sábado

Asteroide de 400 metros de diâmetro vai passar a 480 mil km da Terra. Será ótima oportunidade de coletar informações sobre rocha espacial.




Por G1 com informações da Reuters / Redação Pantanal News

 Animação divulgada pela Nasa explica trajetória de asteroide que deve passar perto da Terra neste sábado, no Halloween (Foto:  NASA/JPL-Caltech)Animação divulgada pela Nasa explica trajetória de asteroide que deve passar perto da Terra neste sábado, no Halloween (Foto: NASA/JPL-Caltech)

Um grande asteroide, que cientistas só descobriram neste mês, vai passar relativamente perto da Terra neste sábado (31), dizem astrônomos, propiciando uma das melhores oportunidades em anos para se coletar informações sobre essas rochas espaciais.

O asteroide, que deve ter cerca de 400 metros de diâmetro, vai passar pelo planeta em uma velocidade de 35 quilômetros por segundo às 15h (horário de Brasília) em pleno Dia de Halloween.

Conhecido como 2015 TB145, ele passará dentro de uma distância de cerca de 480 mil quilômetros da Terra, bem mais longe do que a Lua, mas relativamente próximo para medidas cósmicas.

'Um dos melhores asteroides para imagem dos últimos anos'
Astrônomos esperam capturar imagens de radar e fazer outros registros do asteroide durante a ocasião, uma raridade para cientistas que geralmente dependem de sondas espaciais caras para reunir informações sobre tais corpos. Cientistas têm a expectativa de aprender sobre o formato, dimensões, superfície e outras características do asteroide.

 Linha roxa mostra a trajetória do 'asteroide do Halloween'; circunferência branca representa órbita da Lua e esfera verde representa a Terra  (Foto: NASA/JPL-Caltech)Linha roxa mostra a trajetória do 'asteroide do Halloween'; circunferência branca representa órbita da Lua e esfera verde representa a Terra (Foto: NASA/JPL-Caltech)

"O grau de aproximação do 2015 TB145, aliado ao seu tamanho, indica que este será um dos melhores asteroides para imagem de radar nos últimos anos", afirmou o astrônomo da Nasa na Califórnia, Lance Benner, num artigo publicado no site da agência espacial dos Estados Unidos.

Além do puro valor científico, o encontro pode ajudar engenheiros a desenvolver melhores técnicas de rastreamento e reação em relação a asteroides que possam entrar em rota de colisão com a Terra.

Pequenas rochas espaciais caem na Terra constantemente, com a maioria se desintegrando na atmosfera.

Há cerca de 65 milhões de anos, um asteroide ou cometa de cerca de 10 quilômetros de diâmetro colidiu com a Terra onde hoje é a península de Yucatán, no México, provocando mudanças climáticas globais que mataram os dinossauros e cerca de 75% da vida que existia então, dizem os cientistas.

Meteoro da Rússia

Trilha de um meteorito é visto em Chelyabinsk, na Rússia, nesta sexta (15). O meteorito se desintegrou numa enorme onda de choque explosão, que quebrou vidros e deixou quase mil feridos, segundo as autoridades (Foto: AP/Chelyabinsk.ru)Trilha de um meteorito é visto em Chelyabinsk, na Rússia, em fevereiro de 2013. O meteorito se desintegrou numa enorme onda de choque explosão, que quebrou vidros e deixou mais de mil feridos, segundo as autoridades (Foto: AP/Chelyabinsk.ru)

Mais recentemente, um meteoro de 20 metros se partiu sobre a Rússia, na cidade de Chelyabinsk, em fevereiro de 2013, quebrando janelas e danificando prédios. Mais de 1.000 pessoas ficaram feridas na ocasião.

Asteroides e cometas são dejetos de quando os planetas se formaram, há bilhões de anos. Os cometas são feitos de gelo e poeira. Os asteroides são de rocha e metal. Quando um asteroide entra na nossa atmosfera, passa a ser chamado de meteoro. Se os detritos dele chegam a cair na superfície terrestre, recebem o nome de meteoritos.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/10/2017 - 11h24
Se clima ajudar, Capital terá chuva de meteoros neste fim de semana
20/10/2017 - 06h30
Com sabores regionais e até inseto comestível, festival gastronômico começa hoje
20/10/2017 - 06h23
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 06h03
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.