zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Turismo - 30/10/2015 - 06h01

Um “cantão” de mais de 800 lagos que vale a visita

Na quarta matéria da série dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, o turismo apresenta o Parque Estadual do Cantão, com seus encantos nas cheias e na estiagem




Bruno Prisco Jr.

Ave sobrevoa lagoa do Cantão.
Por Assessoria / Redação Pantanal News

No oeste do estado do Tocantins, na divisa com o Pará, a Floresta Amazônica e o Cerrado se encontram no Parque Estadual do Cantão, com florestas inundadas pelos rios Araguaia-Javaés. A água, aliás, é o meio mais indicado para conhecer o local: passeios de caiaques pelos rios Araguaia, Javaés e Côco revelam as belezas de um dos destinos mais preservados do país.

Há quem defenda que a melhor temporada para conhecer o Cantão é na seca, entre maio e setembro. Com a baixa dos rios surgem “praias” e inúmeras ilhas no local. O período é o mais indicado para a pesca esportiva e para a observação de animais silvestres, como o tuiuiú, o servo, as iguanas, as seriemas e os jacarés.

Há quem prefira, como o operador de uma empresa de turismo local, Leonardo Azevedo, a época da enchente dos rios, de dezembro a maio. “Durante as cheias é mais bonito, as águas sobem de 7 a 10 metros de altura e fazemos os passeios em canoas pela floresta. Dá pra ver o jacu, uma ave da Amazônia que procria nessa época”, disse Azevedo. As árvores da floresta inundada também servem como esconderijo para alguns animais.

Os lagos de difícil acesso do Cantão são os últimos santuários do Tucunaré, peixe típico da região, um dos maiores de água doce. Lá eles se alimentam e se reproduzem durante a seca. Esses locais também são o habitat preferido de ariranhas, jacarés-açu, e outras espécies. Na época de cheias, já foram contabilizadas 833 lagoas na região.

“Nas minhas últimas férias, passei dias maravilhosos com minha família ao visitar o Parque Estadual do Cantão. Uma experiência deliciosa, que nos transporta a um lado do Brasil que poucos conhecem. Recomendo a todos os amantes da natureza e viagens com paisagens cenográficas”, diz Larissa Nakai, de São Paulo.

Vegetação - Durante as cheias, a mata de torrão, como são chamadas as de terra firme, crescem nos terrenos mais altos do interior do parque. Essas matas são mais baixas que as florestas de igapó e revelam plantas como as bromélias e orquídeas. Na época das cheias, as matas de torrão são os únicos locais onde algumas espécies de aves se alimentam, como a jaó e o mutum-de-penacho.

Como chegar: o Município de Caseara, a 257 km de Palmas, é a principal porta de entrada do parque. Chega-se lá a partir de Palmas pela rodovia BR 153, pela TO 080 ou por via fluvial, pelo povoado de Barreira dos Campos, pelos rios Araguaia, do Côco e Javaés. O município de Pium também dá acesso por estrada de chão - a TO-354.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/07/2017 - 14h34
Bonito é eleito o melhor destino de ecoturismo do Brasil pela 14ª vez
17/07/2017 - 15h30
Bonito vence pela 14ª vez prêmio de melhor destino de ecoturismo
20/05/2017 - 11h35
Eventos e negócios impulsionam turismo em Mato Grosso do Sul
12/01/2017 - 11h16
Feriados vão movimentar R$ 21 bilhões no turismo
18/11/2016 - 08h00
Turismo entrega 22 obras de infraestrutura em Mato Grosso do Sul em 2016
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.