especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 27/10/2015 - 06h35

Em MS, especialista alerta para risco de epidemia de doenças infecciosas

Médico lista três doenças; entre elas uma provocada por novo vírus. Ele afirma que é preciso preparo para possíveis epidemias.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

Mato Grosso do Sul pode ter em breve epidemias de zica, chikungunya e nong, provovada por novo vírus descoberto, segundo o médico patologista e pesquisador da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) e da Universidade Federal da Bahia (UFB), Mitermayere Galvão dos Reis. Ele está em Campo Grande para participar de um congresso sobre doenças infecciosas.

 

As três doenças são transmitidas pelo mosquito aedes aegypti, o mesmo agente transmissor da dengue.

“O problema é que o mosquito transmissor, o aedes aegypti, é muito permissível. Até pouco tempo o conhecíamos como agente transmissor da dengue e mais recentemente ele está transmitindo chikungunya, zica. Isso passou ser um problema para nós lá na Bahia. Devemos estar preparados porque em breve podemos ter aqui o nyong, que é o novo vírus que também pode ser transmitido pelo mesmo mosquito” disse o médico. 

Reis explica que os sintomas iniciais das doenças são semelhantes. “Cada uma tem suas particularidades, mas de modo geral na maioria das vezes elas começam com um quadro febril, exigindo o preparo dos médicos e da equipe de saúde e exigindo que tenhamos laboratórios com competência para em tempo muito rápido identificar o agente”.

Para controlar o vírus em caso de epidemia, ele acrescenta que é preciso desenvolver políticas públicas específicas para medidas de contenção, como o controle do mosquito em determinada área, por exemplo.

Disseminação
Atualmente, a disseminação dos vírus pelo planeta ocorre com mais rapidez que no passado, segundo o especialista. “No passado os vírus eram transmitidos pelas aves migratórias. Levava cinco ou seis meses para que um vírus que aparecia na Ásia chegar ao Brasil ou ao Polo Norte. Hoje, com os aviões, o indivíduo pode se infectar lá na Ásia e dois dias depois ele está aqui no Brasil com o vírus”, afirmou.

De acordo com ele, em terras estrangeiras, onde há um mosquito apropriado para transmissão, como o Aedes Aegypti no Brasil, existe a possibilidade do vírus ser difundido e ocorrer uma epidemia.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
13/11/2017 - 11h30
Lei: deputado Dr. Paulo Siufi cria “Agosto Verde” para prevenir depressão e outros males
08/11/2017 - 16h10
Sesau investiga morte de macaco, animal hospedeiro da febre amarela
31/10/2017 - 14h46
Cirurgia de Ruiter teve início na tarde desta terça-feira
31/10/2017 - 09h07
Com quadro clínico estável, prefeito de Corumbá já está sendo operado
 
Últimas notícias do site
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.