zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meteorologia - 22/10/2015 - 06h55

Para amenizar calor, escola de MS dá aulas com banhos de mangueira

Escola fica em bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Calor e a baixa umidade são reflexos de dois fenômenos.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

A rotina de escolas mudou por causa das altas temperaturas em Campo Grande. Com o calorão, uma instituição no bairro Monte Castelo, realizam aulas de Educação física embaixo d'água.

“Nesse período é até um pouco preocupante para a gente deixar eles [alunos] ficaram correndo e passarem mal, então é melhor o banho”, contou a coordenadora da escola, Lucimeire do Carmo.

A atividade é uma vez por semana, mas para os pequenos poderia ser todos os dias. “Eu queria que tivesse banho de chuveirão todos os dias”, disse Isabele Pereira da Silva, de 9 anos.

O calor e a baixa umidade são reflexos de dois fenômenos. O El Niño, que aquece os oceanos e aumenta as temperaturas, e também um sistema de alta pressão que esta sob Mato Grosso do Sul.

“Esse sistema, chamado de sistema de alta pressão, ele faz um movimento para baixo, então há um movimento de subsidência do ar. O ar indo para baixo faz com que como nos tivéssemos em uma panela, com tampa. Então fica aquela sensação de grande abafamento”, explicou a meteorologista Catia Braga.

As chuvas também estão abaixo da média para o mês de outubro, mas logo devem chegar. “Em Campo Grande e nas demais regiões a partir de domingo (25) não vai ser chuva muito intensa, mas o problema desse calorão, e depois de instabilidade é que ela vem sempre acompanhada de chuva de granizo”, relatou Cátia.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
26/07/2017 - 14h41
Tempo não muda e massa de ar seco predomina até domingo no Estado
25/07/2017 - 08h50
Sem chuvas há 47 dias, MS tem alerta para umidade abaixo de 20%
21/07/2017 - 06h23
Frio perde força e tempo quente e seco volta a predominar em MS
19/07/2017 - 07h28
Sensação térmica chega a -16°C e geada atinge 15 cidades de MS
18/07/2017 - 15h39
Temperatura fica fria até quinta-feira em MS, segundo a previsão
 
Últimas notícias do site
27/07/2017 - 07h16
Rádios do MT e MS assinam contrato para funcionar em FM
27/07/2017 - 07h00
Em Campo Grande, ministro autoriza migração de 36 emissoras AM para FM
27/07/2017 - 06h15
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
27/07/2017 - 06h01
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
26/07/2017 - 14h41
Tempo não muda e massa de ar seco predomina até domingo no Estado
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.