TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 16/10/2015 - 06h10

Delcídio defende união de aliados para acelerar votações




Fotos: Divulgação

Delcídio quer programa para mudar o país a partir do ano que vem



Delcídio disse que a agenda do Congresso não pode ser pautada por julgamentos do TCU
Por Assessoria / Redação Pantanal News

O líder do governo no Senado, Delcídio do  Amaral (PT-MS), defende o fortalecimento e a união da base aliada para acelerar a aprovação de medidas de interesse do Executivo no Congresso Nacional.

"Independentemente das disputas políticas e idiossincrasias pessoais, temos que dialogar com todo mundo e montar um programa mínimo para apresentar ao país, até dezembro, um pacote de medidas que mude o cenário para 2016", afirmou Delcídio nesta quinta-feira (15), durante entrevista coletiva em Brasília.

Para o senador, a insegurança com a tramitação das medidas econômicas no Congresso e o cenário conturbado de pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff precisa ser superado.

"Não podemos ficar pautados até o final do ano com julgamento do TCU, TSE e STF", alertou o líder do governo.

Na avaliação de Delcídio, a instabilidade política criada por essas questões fez com que o governo priorizasse a agenda política, em detrimento da econômica.

“Está na hora de a gente sentar na mesa e conversar, fazer um pacto pelo Brasil, controlando a inflação, captando investimentos, entre outras pautas que ajudem o país a sair do cenário de crise”, propôs o senador.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
11/12/2017 - 14h35
Homens ameaçam policias com faca e são presos
04/12/2017 - 07h31
PMA inicia curso de taxidermia e Educação Ambiental para Policiais Ambientais de 13 estados
04/12/2017 - 07h23
Governador recebe ministro da Educação e autoriza recapeamento em Bonito
04/12/2017 - 06h17
Mulher é autuada por armazenar produtos recicláveis ilegalmente
01/12/2017 - 06h21
PMA autua fazendeiro por funcionar oficina mecânica e área de abastecimento poluindo o solo
 
Últimas notícias do site
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.