zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 08/10/2015 - 10h52

Com exportação de açúcar, MS reativa terminal de Porto Murtinho

Operação será retomada no dia 20 de outubro, segundo o governo. Terminal tem condições de escoar 300 mil t de produtos por ano.




Por Anderson Viegas do G1 MS / Redação Pantanal News

Terminal de Porto Murtinho, no rio Paraguai, volta a operar no dia 20 de outubro, com exportação de açúcar (Foto: Divulgação/Semade)Terminal de Porto Murtinho, no rio Paraguai, volta a operar no dia 20 de outubro, com exportação de açúcar (Foto: Divulgação/Semade)

Com atividades totalmente suspensas desde 2010, o governo do estado deve reativar no dia 20 de outubro o terminal portuário no rio Paraguai da cidade de Porto Murtinho, a 408 quilômetros de Campo Grande, na região sudoeste de Mato Grosso do Sul.

O primeiro embarque, segundo o secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, será de 6 mil toneladas de açúcar, de um total de 20 mil toneladas do produto que deverão ser exportadas pelo terminal nesta retomada de atividades.

Verruck destacou que a reativação do porto é estratégica dentro do macro projeto do governo do estado de melhorar a competitividade logística de Mato Grosso do Sul. “Sempre fomos muito competitivos na produção, seja na indústria ou no agronegócio, mas perdíamos essa competitividade no escoamento da produção. Por isso, o governo do estado está fazendo um grande esforço para melhorar a nossa infraestrutura”, apontou.

Armazém do terminal portuário de Porto Murtinho, no sudoeste de Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação/Semade)Armazém do terminal portuário de Porto Murtinho, no sudoeste de Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação/Semade)

O secretário ressaltou que dentro desse projeto, o governo está investindo para melhorar as estradas vicinais, em outra frente trabalha para a retomada dos investimentos na malha ferroviária e no modal hidroviário, articula para o retorno das operações na hidrovia Paraná-Tietê e que ampliar o uso da hidrovia do rio Paraguai.

“Dentro deste projeto, o porto de Porto Murtinho é muito importante, porque possibilitará o acesso ao Paraguai e aos portos argentinos e depois ao oceano Pacífico”, ressaltou lembrando que o modal hidroviário é o que oferece o menor custo na comparação com o rodoviário e o ferroviário.

Essa diferença de custo varia, conforme o tipo de estudo de comparação feito, o produto, a distância e outros fatores, mas oscila de 20% a até 65%, na relação entre o uso da rodovia e o da hidrovia.

Para retomar as atividades no terminal de Porto Murtinho, Verruck diz que o governo deixou lado a questão jurídica, em que uma ação civil pública tramita na Justiça desde 2004 questionando concessões de licitação, e fez um acordo com o atual gestor do terminal. “A ação continua tramitando normalmente. O que fizemos foi tomar a decisão de voltar a operar com o terminal enquanto o processo corre. Para isso, a atual gestão do porto concordou em investir R$ 1 milhão em algumas obras pontuais para retomarmos as operações tanto de exportação quanto de importação”, explicou.

O secretário disse que após vistoria a estrutura, análise apontou que o terminal tem atualmente condições de escoar anualmente 300 mil toneladas de produtos. “Vamos reativá-lo agora, mas com a expectativa de que seja muito utilizado para escoar nossas próxima safra de grãos. Em um segundo momento queremos que essa capacidade de escoamento seja ampliada para algo entre 800 mil toneladas e 1 milhão de toneladas e que empresas possam aproveitar a ampla área que existe no entorno para se instalarem”, revelou.

Terminal portuário de Porto Murtinho tem capacidade para escoar até 300 mil toneladas de produtos por ano (Foto: Divulgação/Semade)Terminal portuário de Porto Murtinho tem capacidade para escoar até 300 mil toneladas de produtos por ano (Foto: Divulgação/Semade)

Verruck também adiantou que no próximo dia 20, quando o terminal será reativado que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) deve assinar um decreto que cria uma zona especial para o terminal de Porto Murtinho que assegura incentivos tanto para a exportação quanto para a importação de produtos pelo porto.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
19/10/2017 - 09h01
Móveis confeccionados por reeducandos de Aquidauana são doados à Pestalozzi
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
16/10/2017 - 10h16
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.