especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Economia - 08/10/2015 - 06h29

Na capital de MS, pescado fica mais barato na Semana Nacional do Peixe

Semana vai até o dia 16 de outubro e peixarias oferecem desconto. Carreta com peixe passará por ruas de Campo Grande e no interior de MS.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

 Na Semana Nacional do Peixe, que segue até o dia 16 de outubro, os sul-mato-grossense podem comprar o pescado por um preço mais em conta. Além das peixarias terem adotado o desconto, uma carreta está percorrendo as ruas de Campo Grande com o produto nos próximos dias.

Na peixaria da Débora Cristina Milchewski e do marido dela, dá para ver que o lugar está cheio de promoções. As aparas do pintado congelado, por exemplo, saem por R$ 4 o quilo, 32% a menos. Se a escolha for de pacu ou tambaqui, o quilo sai por R$ 9,90, 16% de desconto. Os descontos fazem parte da semana do peixe, e os preços mais baixos, segundo Débora, chegam a aumentar as vendas.

Os organizadores da semana do peixe informaram que convidaram todas as peixarias de Campo Grande para participar, mas não existe um levantamento de quantos aderiram à campanha. Os descontos podem passar dos 30%, por isso os clientes devem pesquisar.

A campanha é uma inciativa do governo federal para estimular o consumo do alimento que é considerado saudável, rico em ômega três, um tipo de gordura que ajuda a evitar doenças, principalmente do coração. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de 12 kg de peixe por ano por habitante. A média global de consumo per capita é de 18 kg/ano. No Brasil o consumo é de 14,5 kg.

A peixaria sobre rodas vai funcionar no pátio da feira central de Campo Grande nesta quarta-feira (7) durante todo o dia, na sexta-feira (9) também e sábado (10) pela manhã. Já no domingo (11) segue para o bairro das Moreninhas, na esquina das ruas Barueri com Anacá. Depois a carreta vai para Dourados, a 214 quilômetros da capital sul-mato-grossense.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
28/11/2017 - 10h54
Projeto ferroviário vai expandir fronteira do agronegócio, diz Reinaldo
28/11/2017 - 10h46
Prefeitura vai ajustar gratificações para assegurar salários dos servidores
27/11/2017 - 15h13
Saques da terceira etapa de pagamentos do PIS/Pasep já estão disponíveis
27/11/2017 - 14h12
Cheques de qualquer valor serão compensados em até um dia útil
27/11/2017 - 09h30
Economia deve movimentar R$ 38 milhões com 13° salário em Corumbá e Ladário
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.