especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 07/10/2015 - 06h43

Outubro Rosa reforça ações de conscientização sobre diagnóstico precoce do câncer de mama




Fotos: Divulgação







Por Jefferson Gonçalves do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – Conscientização do auto-exame e sensibilização são temas debatidos pela campanha do “Outubro Rosa” lançado nesta terça-feira (6) pela Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES/MS). Durante o mês de outubro, serão realizadas oficinas, palestras e exposições relacionadas à prevenção do câncer e também do incentivo à alimentação saudável. Este ano a campanha do Outubro Rosa está sendo realizada através da parceria entre a Gerência de Atenção à Saúde da Mulher e a Gerência das Ações de Monitoramento da Alimentação e Nutrição da SES.

A abertura da programação do “Outubro Rosa” contou com a participação da primeira-dama Fátima Azambuja, da vice-governadora Rose Modesto, da médica ginecologista Rita Tavares, do secretario de estado de saúde, Nelson Tavares, representantes da Rede Feminina de Câncer e profissionais de saúde e técnicos da SES.

Para a vice-governadora Rose Modesto, a conscientização sobre o diagnóstico precoce é uma das medidas de maior auxílio na prevenção ao câncer de mama sendo cada vez mais importante a sua divulgação e debate na sociedade. “É necessário um forte empenho para a conscientização sobre o autoexame como um diagnóstico precoce ao câncer. Isso possibilita um aumento de 80% de chances de sucesso para o tratamento da doença. Neste mês de outubro também engajaremos a Sedhast em uma missão de debater este tema nas escolas e igrejas, buscando a conscientização através da prevenção”, disse Rose.

A primeira dama do Governo do Estado, Fátima Azambuja, também destacou os esforços em se chegar a conscientização da sociedade sobre o câncer de mama, porém reforçou os trabalhos do governo do estado em buscar cada vez mais a melhoria da saúde para a população. “A conscientização exige um grande esforço e empenho. Não é algo fácil, mas ainda sim possível. Em cada ação de saúde do governo do estado, acompanho o seu esforço focado na saúde e posso afirmar que estamos trabalhando incessantemente para garantir medidas para a melhoria da saúde”, disse a primeira dama.

Para a gerente em atenção à saúde da mulher, Hilda Guimarães de Freitas, o objetivo da campanha é principalmente despertar o interesse e a conscientização sobre os exames disponibilizados na rede de saúde para um diagnóstico precoce. “As ações da SES estão completamente voltadas a levar o interesse e a conscientização da mulher em relação a tornar o exame uma rotina. Há casos em que a paciente fica relutante ao exame por medo dos resultados, mas a rede de saúde oferece todo o suporte para o acompanhamento do tratamento. Mas é preciso que haja esta conscientização desde cedo. O “Outubro Rosa” é reforço das ações que desenvolvemos ao longo do ano, sempre buscando a conscientização e a sensibilização da mulher”, disse Hilda.

O Câncer de Mama ainda é uma das doenças com maior incidência em mulheres em Mato Grosso do Sul. No Brasil, o Câncer do Colo do Útero é a quarta causa de morte por câncer em mulheres. O número de casos novos estimado para 2014 e 2015 é de 15.590, com um risco de 15,3 casos a cada 100 mil mulheres.  Em Mato Grosso do Sul, a estimativa é de 29,9 casos novos a cada 100 mil mulheres. Em relação à mortalidade, na última década (2001-2010), o Estado apresentou, em média, 80 óbitos anuais, sendo a faixa etária mais atingida, a que contempla às mulheres entre 40 a 49 anos (21,0%), seguida por aquelas entre 60 e 69 anos (20,8%) e, por fim, as entre 50 e 59 anos (20,1%). Vale ressaltar, que Mato Grosso do Sul apresenta taxa de incidência e de mortalidade bem acima da media nacional sendo comparado com Amazonas, Tocantins, Maranhão e Piauí.

De acordo com as estimativas de incidência de Câncer de Mama projetadas pelo Instituto Nacional do Câncer – INCA para o ano 2014/2015, o Estado de Mato Grosso do Sul deve registrar por ano 770 caso novos com uma  taxas (62,65 por 100.000 mulheres), juntamente com o Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, enquadrando-se na faixa com taxas que variam de 55,68 a 96,47 /100.000 mulheres. Além disso, Mato Grosso do Sul tem registrado em media nos últimos cinco anos (2010-2015) 160 óbitos por ano, mostrando que é preciso implementar o  programa de rastreamento por meio de mamografias, bem como facilitar e agilizar o exame e tratamento até 60 dias após o diagnóstico

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/01/2018 - 21h15
Macaco é encontrado morto em fazenda de MS e deixa moradores assustados
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
16/01/2018 - 15h43
Secretaria disponibiliza 80 mil doses de vacina contra febre amarela em MS
03/01/2018 - 15h03
MS teve no ano passado menor registro de dengue em 8 anos
02/01/2018 - 15h31
Planos de saúde já estão obrigados a cobrir 18 novos procedimentos
 
Últimas notícias do site
22/01/2018 - 13h13
PMA multa fazendeiro em R$ 16,8 mil por desmatamentos durante a operação Cervo-do-Pantanal
22/01/2018 - 10h32
Em feira de adoção, 61 cães e 37 gastos ganham família e novo lar
22/01/2018 - 10h12
Corumbá já tem Corte de Momo para comandar Carnaval 2018
22/01/2018 - 09h35
Esta receita de arroz carreteiro é cremosa e vai fazer sucesso no seu churrasco
22/01/2018 - 09h01
Luto: Faleceu em Corumbá o advogado Adelmo Salvino de Lima
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.