zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Aldeias do Pantanal - 29/09/2015 - 06h50

Em Miranda, Subsecretaria Indígena levanta demandas que nortearão ações nas aldeias




Fotos: Leomar Alves Rosa (Assessoria de comunicação Vice-Governadoria e Sedhast)

Subsecretária Indígena, Silvana Dias.



Em primeiro plano, cacique Marco de Arruda.



O município de Miranda concentra a segunda maior população indígena do Estado.



Por Leomar Alves Rosa do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Miranda (MS) – Em continuidade a série de visitas em aldeias indígenas de todo o Estado, a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), por meio da equipe da Subsecretaria de Políticas Públicas para a População Indígena, percorreu, no último sábado (26) e domingo (27), quatro aldeias do município de Miranda, distante 199 quilômetros da Capital. Entre as demandas levantadas e que servirão de subsídio para o Plano Plurianual (PPA) da área e do Plano Estadual Indígena, lançado em abril deste ano, está a melhoria no escoamento da produção agrícola do povo Terena, sendo essa culturalmente uma das principais vocações da etnia.

De acordo com a subsecretária da pasta, Silvana Dias, a ação em Miranda, que contou com o apoio do coordenador da Casa Civil na região, Gerson Prata, deve ser continuada nos próximos meses. “Percorremos nesse primeiro momento quatro aldeias e voltaremos ao município para ouvir as demais. As ações do Governo do Estado, representado pela subsecretaria serão pautadas nas demandas que vêm das aldeias, ouvindo os caciques, que estão sendo recadastrados, e a população”, afirmou.

Na Aldeia Cachoeirinha, uma das maiores da região com mais de 3,5 mil habitantes, o cacique Marco de Arruda, apresentou as necessidades de sua comunidade, tendo como maior foco o apoio na produção agrícola, escoamento da produção e suplementos. “Nossa produção é boa, mas alguns problemas, como operadores de trator e máquinas em bom estado, dificultam o comércio e maior geração de renda na aldeia. É muito importante, com a presença da subsecretária, discutirmos isso e demais soluções”, destacou. Questões semelhantes também foram levantas na Aldeia Lalima, representada pelo cacique João da Silva e na Aldeia Moreira, representada pelo cacique Olício da Silva.

O cacique Antônio Marcos, da Aldeia Passarinho, representante de mais de 2 mil habitantes, acredita que as ações do Governo do Estado voltadas para a população indígena obterão grande sucesso com o processo de participação efetiva das lideranças. “Muito importante para a comunidade essa presença e ainda nos inspira para melhorar mais nossos projetos e ações dentro das aldeias”, disse. Uma das questões levantadas na aldeia também foi a reorganização da rede de abastecimento de água, visando o atendimento de mais famílias, pauta essa que de acordo com Silvana Dias, será encaminhada com a empresa de saneamento e água.

As aldeias Lagoinha, Babauçu, Morrinho, Argola e Mãe Terra, todas em Miranda, também receberão a equipe da Subsecretaria, nas próximas semanas. 

Indígenas em Miranda – De acordo com o IBGE, o município de Miranda aparece, no último Censo (2010), com uma população de 6.475 indígenas, formando a segunda maior do Estado, atrás apenas de Amambai com 7.225. A etnia predominante no munícipio é a dos Terena, que manejam a terra e ainda se dedicam a produção de artesanatos, que são vendidos na Centro Referencial da Cultura Terena localizada próxima ao centro da cidade.

Subsecretaria

Implantada na gestão atual, a Subsecretaria de Políticas Públicas para a População Indígena representa um grande avanço para os mais de 75 mil índios de MS, de acordo com o IBGE, contemplando em seu quadro administrativo indígenas das 8 etnias existentes no Estado, englobando assim as 74 tribos de forma igualitária.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/05/2017 - 16h18
Campanha de vacinação dos povos indígenas 2017 começa nesta sábado
23/03/2017 - 10h58
Mato Grosso do Sul: Indígenas recebem cestas de alimentos da Conab
09/02/2017 - 10h14
Presidente nacional da Funai visita Dourados e áreas de conflito em MS
23/01/2017 - 07h27
Mitologia dos índios Guaranis vai representar o Brasil no Festival de Berlim
03/01/2017 - 10h01
Indígenas de Mato Grosso do Sul recebem cestas de alimentos
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 08h20
Cinco propostas devem ser analisadas na Ordem do Dia desta terça-feira
17/10/2017 - 07h52
Campeões brasileiros de Canoagem Descida são definidos no Mato Grosso do Sul
17/10/2017 - 07h46
Confira o resultado da 2ª fase do concurso para delegado da Polícia Civil
17/10/2017 - 06h22
Meteorologia prevê calorão, mas possibilidade de chuva à tarde
16/10/2017 - 18h59
Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.