CARNAVAL CORUMBÁ 2018
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Ciência e Tecnologia - 25/09/2015 - 08h00

Fundação de Ciência e Tecnologia apoia a internacionalização de pesquisas do Estado




Divulgação

Por Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – Avaliar o efeito da fragmentação da paisagem sobre os animais herbívoros na Serra da Bodoquena é o foco da pesquisa de doutorado da bióloga Cyntia Cavalcante Santos, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A pesquisa é orientada por Pierre-Cyril Renaud, da universidade Angers, na França, situada na cidade de mesmo nome, a 200 quilômetros de Paris, capital do país. O professor francês pretende comparar o resultado do estudo realizado em Mato Grosso do Sul com pesquisas feitas por ele no cerrado da África.

Os dois pesquisadores, acompanhados do coordenador de Estudos de Longa Duração da UFMS, Franco Leandro de Souza e Fabio de Oliveira Roque, do laboratório de Ecologia da mesma instituição, estiveram reunidos com o diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de MS (Fundect), Marcelo Turine, financiadora do projeto.

A Fundect direcionou as ações de internacionalização nas propostas de seleção pública para os cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado acadêmico e profissional; doutorado), uma estratégia para que os cursos de pós-graduação do Estado alcancem maiores notas na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O fomento permite a internacionalização da ciência, tecnologia e inovação; mobilidade acadêmica de estudantes e pesquisadores; atração de pesquisadores estrangeiros; interação técnico-científica por meio de formação de redes de cooperação nacional e internacional; além da participação de estudantes e pesquisadores em eventos científicos de impacto na área.

Luciana Gabas – Fundect

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/11/2017 - 09h39
Projetos do IFMS conquistam principais prêmios de feira científica estadual
08/11/2017 - 15h17
Estudantes do IFMS vencem competição nacional de foguetes
25/10/2017 - 07h46
Reinaldo participa da abertura da Semana de Tecnologia nesta quarta-feira
21/08/2017 - 11h51
IFMS prorroga inscrições em Feiras de Ciência para setembro
22/06/2017 - 10h05
IFMS promove evento de tecnologia aberto à comunidade em Aquidauna
 
Últimas notícias do site
15/01/2018 - 15h28
Inmet emite alerta de perigo potencial em algumas cidades de MS
15/01/2018 - 13h25
Com uso de drone, PMA autua em R$ 43 mil fazendeiro por desmatamento
15/01/2018 - 10h28
Corumbá retoma serviço de pavimentação de alamedas com recursos próprios
15/01/2018 - 08h30
Rose sanciona lei que prevê punições em casos de indisciplina nas escolas
15/01/2018 - 08h15
Quibe de forno recheado vai trazer sabor e praticidade à sua segunda
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.