zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 23/09/2015 - 07h00

Bela Vista terá fábrica de cimento com investimentos de R$ 700 milhões




Divulgação

Por Edmir Conceição dos Santos do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – Bela Vista, na fronteira com o Paraguai, receberá um complexo minero-industrial de cimento Portland, com investimentos de R$ 750 milhões. A nova fábrica de cimento deverá entrar em operação em até dois anos após o início de suas obras.

Durante a construção, serão gerados cerca de dois mil empregos, com o máximo aproveitamento de mão de obra local. Na fase de operação, serão cerca de 200 empregos diretos e outros 600 indiretos. Para assegurar que as vagas sejam preenchidas por moradores do município, o empreendedor do projeto, a CPX Sul-mato-grossense, formalizará parceria com o SENAI para treinamento e qualificação.

A CPX Sul-mato-grossense atenderá o mercado dentro de um raio de até 700 km da fábrica, beneficiando o setor da construção civil de todo o Centro-oeste, oeste de São Paulo e Paraná, e exportará para o Paraguai, contribuindo com o desenvolvimento do setor industrial e de mineração no estado do Mato Grosso do Sul.

O projeto será também um marco na história da mineração e cimento de Mato Grosso do Sul: uma das mais modernas e eficientes fábricas de cimento Portland no Brasil, seguindo os mais rígidos padrões ambientais do mundo. Atualmente Mato Grosso do Sul tem duas unidades produtoras de cimento, uma de 1993 e outra de 1955, ou seja, há mais de 20 anos, o Estado não tem uma nova fábrica de cimento instalada.

Melhorias na região

Além da geração de empregos e os consequentes reflexos no mercado local, a economia de Bela Vista também será fortalecida com a aquisição de insumos de produtores locais pela CPX. A previsão de investimentos médios mensais para aquisição de insumos é de R$ 1,75 milhão, sendo que pelo menos R$ 350 milhões serão direcionados ao mercado local.

A CPX também deverá fazer investimentos de cerca de R$ 15 milhões, em parceria com o poder público, em obras de infraestrutura (habitação, transporte, energia, comunicação e saneamento, entre outros), que irã garantir mais qualidade de vida aos moradores locais.

Estudos da CPX apontam cerca de 300 lojas de material de construção e pequenas indústrias na região Centro-Oeste, mais próximas à fábrica, e milhares de clientes nas regiões fronteiriças de São Paulo, Paraná e Paraguai, que devem se beneficiar diretamente de um melhor atendimento no cimento, trazendo desta forma ganhos para toda a cadeia da construção até o consumidor final.

Meio Ambiente

A unidade produtora fará uso de apenas cerca de 80 mil metros quadrados, em uma área de pastagem com pouca vegetação, reduzindo impacto ambiental, conservando a maior parte do terreno e contribuindo para preservar a fauna e flora da região e, distante das drenagens e cursos de água.

A CPX optou por instalar a unidade produtora na proximidade da mina. Esse novo modelo de produção de cimento, inédito no Brasil, também reduzirá a distância a ser percorrida pelos caminhões que transportam a matéria prima para a fábrica.cimento 4

A nova fábrica contará com equipamentos altamente eficientes, exigindo menos combustível e um menor consumo de energia elétrica, utilizando-se de filtros e transporte coberto e protegido em todas as fases da produção, algumas das quais incluem a umidificação do material para reduzir sua dispersão.

O processo produtivo, do começo ao fim, até as etapas de ensacamento, paletização e carregamento a granel funcionarão em circuito fechado e despoeirado. Os filtros da chaminé do forno, por sua vez, monitorarão o ar de forma contínua, de modo a informar, em tempo real, os níveis de emissões.

A água para uso industrial seguirá em circuito fechado, ou seja, será reutilizada no próprio processo produtivo, e a que for usada em cozinhas e banheiros será destinada à estação de tratamento própria para este fim.

As obras da CPX estão previstas para o início de 2016, pois os estudos ambientais já foram concluídos e o Secretário de Meio Ambiente, Jaime Verruck, já indicou que esperava ter o licenciamento concluído entre agosto e setembro deste ano.

cimetno 3O Grupo CPX tem outras duas unidades industriais idênticas já em processo de licenciamento, a primeira em Formosa (GO) e a segunda em Lajedinho (BA), conduzidas por empresas do grupo, instaladas em cada Estado para este propósito específico. Apesar de o licenciamento desta unidade industrial do grupo em Bela Vista (MS) ter se iniciado depois, Mato Grosso do Sul tem a chance de passar à frente dos outros Estados e ter a primeira fábrica de cimento do Grupo CPX.

Cimento Portland

Portland é um tipo de cimento muito utilizado na construção civil por sua resistência. Cimento Portland e materiais semelhantes são feitos por aquecimento calcário (como fonte de cálcio) com argila ou areia (como fonte de silício) e trituração do produto. O pó resultante, quando misturada com água, se tornarão uma hidratado sólido ao longo do tempo.

Alberto Gonçalves/site decore.com e Assessoria CPX

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
16/10/2017 - 10h16
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
13/10/2017 - 06h12
Aeroporto Internacional opera normalmente nesta sexta-feira
11/10/2017 - 08h22
MS nasceu com orçamento de 4 bilhões e 3 governadores em um ano
11/10/2017 - 06h13
Confira o que abre e fecha no feriadão da 'semana do saco cheio'
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 16h42
PMA autua fazendeira por degradação em margem de rio
17/10/2017 - 16h02
Aprovado projeto que incentiva entidades filantrópicas
17/10/2017 - 15h58
Membro atuante da CPI, Dr. Paulo Siufi apoia reivindicação de trabalhadores da JBS
17/10/2017 - 14h39
Bombeiros fazem sobrevoo para avaliar combate a fogo que já destruiu 20 mil ha
17/10/2017 - 14h00
Fazendeiro é autuado em R$ 18 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.