especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Aldeias do Pantanal - 03/09/2015 - 10h14

Após conflito e morte, tensão diminui entre índios e produtores em MS

Tropas do Exército e da Força Nacional atuam na região sul do estado. Indígenas ocuparam fazendas em região e reivindicam a posse da terra.




Por Gabriela Pavão do G1 MS, em Antônio João / Redação Pantanal News

Entrada da fazenda Fronteira onde está a base da Força Nacional com apoio do Exército (Foto: Gabriela Pavão/ G1MS)Entrada da fazenda Fronteira onde está base da Força Nacional e do Exército (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)

Depois de ocupações de fazendas, retomadas e morte de um indígena durante conflito por terras em Antônio João, região sul de Mato Grosso do Sul, o clima de tensão é menor na faixa de fronteira com o Paraguai, segundo o Exército.

“Situação de extremo controle, dentro da normalidade, como eles já viviam [...] Existe ainda o questionamento sobre a verdadeira ou a real posse da terra, mas a situação hoje é de normalidade aqui na região. Fazendeiros e funcionários estão aqui e índios coabitam em localidades que eles já moravam desde 1998 e tudo funciona normalmente”, explicou o tenente-coronel do Exército Marcelo Rocha Lima.

 

O Exército está na região desde terça-feira (1º), a pedido do governo do estado, que solicitou Garantia de Lei e Ordem à Presidência da República. Barreiras para vistoria e monitoramento foram montadas em estradas que dão acesso às áreas em disputa. Segundo o tenente-coronel, “não há, ainda, nenhuma situação que configure conflito ou tensão”.

Ministro

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, esteve em Mato Grosso do Sul nessa quarta-feira (2) para tentar solucionar o conflito. Ele teve reuniões com representantes dos rodutores rurais, dos indígenas e com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Em entrevista, ele afirmou que "violação à lei não será aceita".

Após as reuniões, ficou decidido que será criada uma comissão com integrantes do governo federal e estadual para definir cinco áreas prioritárias para demarcação de terra.

Do alto
Na tarde de quarta-feira (2), o G1 sobrevoou a região de helicóptero e foi até a fazenda Fronteira, uma das três propriedades rurais vizinhas à aldeia Campestre em 
Antônio João. No local, tropas do Exército e da Força Nacional montaram uma base.

De um lado estão os proprietários da terra, que moram na sede da fazenda. Do outro ficam os indígenas, que vivem na região há mais de dez anos. Segundo tenente-coronel Lima, as fazendas Fronteira, Cedro e Barra são vizinhas da aldeia.

Durante o sobrevoo, foi possível ver movimento nas fazendas e rebanho em grandes áreas. Indígenas também foram vistos dentro das fazendas, alguns próximos às sedes das propriedades, convivendo em áreas separadas. Na fazenda Fronteira, um grupo de indígenas observou a chegada da equipe de reportagem e se recolheu para dentro da casa. Eles não demonstraram interesse em falar com os jornalistas.

Do outro lado, o proprietário da fazenda estava na sede e chegou conversou rapidamente com o G1 e disse que o clima estava tranquilo. Ele não respondeu outras perguntas e também entrou em casa.

Militares do Exército monitoram indígenas (Foto: Gabriela Pavão/ G1MS)Militares do Exército monitoram indígenas (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
26/10/2017 - 07h05
MS: Cestas de alimentos beneficiam 2.855 mil famílias indígenas
05/05/2017 - 16h18
Campanha de vacinação dos povos indígenas 2017 começa nesta sábado
23/03/2017 - 10h58
Mato Grosso do Sul: Indígenas recebem cestas de alimentos da Conab
09/02/2017 - 10h14
Presidente nacional da Funai visita Dourados e áreas de conflito em MS
23/01/2017 - 07h27
Mitologia dos índios Guaranis vai representar o Brasil no Festival de Berlim
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 06h39
Com poucas chances de chuva, 6ª-feira será de sol e altas temperaturas
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.