especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 29/08/2015 - 06h10

Tribunal de Justiça nega pedido para Olarte responder em 1ª instância

Defesa do prefeito afastado informou que vai recorrer da decisão. Segundo pedido, pepista perdia foro privilegiado ao virar vice-prefeito.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) negou o pedido do prefeito afastado deCampo Grande, Gilmar Olarte (PP), nesta sexta-feira (28). A defesa do pepista pedia que o processo que ele responde por corrupção passasse a transitar em primeira instância, já que como vice-prefeito perderia o foro privilegiado.

No mesmo dia em que a Justiça determinou o afastamento de Olarte, o TJ-MS determinou a recondução do prefeito Alcides Bernal (PP) que teve o mandato cassado em março de 2014 pela Câmara Municipal.

A defesa do prefeito afastado, Jail Azambuja, afirmou considerou contraditória a decisão do desembargador Luiz Cláudio Bonassini da Silva. Segundo ele, vai recorrer.

“Essa decisão está entrando em contradição que nós vimos na cidade que é público e notório. Nós então vamos entrar com um recurso que chama exceção de incompetência para que o órgão colegiado do tribunal aprecie essa questão”, pontuou.

Olarte é investigado pela operação Coffee Break por corrupção passiva e ativa. Além dele, nove vereadores e três empresários estão na mira do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco). A Justiça também determinou o afastamento do presidente da Câmara, vereador Mario Cesar (PMDB), que já recorreu da decisão.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/01/2018 - 09h40
Perguntas e respostas sobre o julgamento do recurso de Lula no TRF-4
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
22/12/2017 - 11h05
Acabou a dúvida: Puccinelli se anuncia como candidato ao governo do Estado
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 
Últimas notícias do site
16/02/2018 - 06h53
AGENDONA: Fim de semana de enterro dos ossos, música, teatro, oficinas e mais
16/02/2018 - 06h13
Inmet prevê sol entre nuvens e chuva para sexta-feira em todo o MS
15/02/2018 - 16h16
A Falta de Educação
15/02/2018 - 16h10
Grupo busca voluntários para retirar toneladas de lixo do Rio Aquidauana
15/02/2018 - 06h10
Inmet aponta que mau tempo continua e MS terá dia com chuvas à tarde
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.