especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 28/08/2015 - 09h38

Bernal anuncia mais 2 secretários após encontro com governador

Prefeito disse que visita é institucional e com intenção de propor parcerias. Secretários terão cargos na Secretaria de Governo e Planejamento.




Por Gabriela Pavão do G1 MS / Redação Pantanal News

Alcides Bernal em frente à governadoria, em Campo Grande (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)Alcides Bernal em frente à governadoria, em Campo Grande (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)

Após reunião com o governador Reinaldo Azambuja (PDT), na manhã desta sexta-feira (28), na governadoria, em Campo Grande, o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP), anunciou mais dois nomes para o secretariado: o vereador Paulo Pedra (PDT) para a secretaria de Governo e Disney de Souza Fernandes para o Planejamento. Este já havia sido secretário de Receita e Controle na gestão anterior de Bernal.

O pepista chegou à repartição estadual às 7h45 (de MS), falou rapidamente com jornalistas e seguiu para a sala de reuniões. Após meia hora de encontro, Bernal ressaltou que "a visita é institucional e é feita com a intenção de propor parcerias que atendam a necessidade da população de Campo Grande", disse.

Bernal ainda informou que conversou com professores, médicos e recebeu informações de que objetos e documentos foram retirados das salas, supostamente da prefeitura.

"Recebemos informação grave de que muitas coisas foram retiradas ontem à noite. Na parte da manhã, parece que trancaram portas e esvaziaram algumas salas e até alguns galpões [...] nossa equipe está trabalhando", finalizou antes de entrar no gabinete do governador.

Retorno
Alcides Bernal entrou na prefeitura de Campo Grande no início da tarde dessa quinta-feira (27), conforme combinado com a Justiça. No discurso ele chorou. Antes, anunciou dois nomes do primeiro escalão: Ivandro Fonseca volta à Secretaria de Saúde e Luiz Carlos Santini para a Procuradoria-Geral.

Durante o ato simbólico de entrega das chaves, Bernal falou ainda sobre as finanças do município. "Campo Grande está quebrada", afirmou.

Diferentemente da 'primeira gestão', o pepista também já se encontrou com vereadores. A reunião foi na manhã dessa quinta-feira (27) e ambos os lados se comprometeram a trabalhar pela capital sul-mato-grossense.

Decisão judicial
Alcides Bernal reassume a prefeitura 1 ano e 5 meses após ter o mandato cassado pela Câmara Municipal. Ele havia sido eleito pelo voto popular e saiu depois de suspeitas de irregularidades na gestão.

De lá para cá, ele já havia conseguido uma decisão autorizando a volta à prefeitura. No entanto, a liminar foi cassada e somente nessa quarta-feira (25), julgada pelo Tribunal de Justiça deMato Grosso do Sul (TJ-MS).

Por dois votos a um, a liminar foi favorável a Bernal e nesta quinta-feira ele assumiu oficialmente a prefeitura. A Câmara deve recorrer novamente. Ao chegar no Paço Municipal, ele confirmou dois nomes para o primeiro escalão: Ivandro Fonseca para a Secretária de Saúde e Luiz Carlos Santini para a Procuradoria-Geral. Ambos já faziam parte da equipe dele.

Afastamento
Com a cassação de Alcides Bernal, o vice dele à época, Gilmar Olarte (PP), assumiu a prefeitura. No entanto, nessa quarta-feira (25), ele foi afastado do cargo por decisão do TJ-MS, que também afastou o vereador Mario Cesar (PMDB) da Câmara Municipal.

O afastamento dos dois políticos é desdobramento da operação Coffee Break, realizada pelo Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) devido à suspeita de compra de votos para cassação de Bernal. Mario Cesar e outros sete vereadores foram levados ao Gaeco para esclarecimentos sobre a suspeita. Eles e mais nove pessoas tiveram os celulares apreendidos.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
30/11/2017 - 09h34
Deputado Dr. Paulo Siufi recebe Prêmio Amigo do Cotolengo
29/11/2017 - 16h00
PL do deputado Dr. Paulo Siufi que proíbe linha chilena em pipas passa em 2ª votação
28/11/2017 - 10h01
Protesto não impede e Assembleia aprova reforma por 13 votos a 7
28/11/2017 - 07h08
Em dia de votação, ‘tropa de choque’ cerca Assembleia e Governadoria
27/11/2017 - 12h40
Siufi entrega a Puccinelli Comenda e Diploma de Honra ao Mérito legislativo
 
Últimas notícias do site
11/12/2017 - 07h05
PMA de Aquidauana realiza Educação Ambiental para alunos e professores indígenas
11/12/2017 - 06h40
Semana começa sem chuva em boa parte de MS e máxima chega aos 38ºC
08/12/2017 - 15h54
Final de semana será de chuva e temperaturas altas em todo MS
07/12/2017 - 10h30
Comando do 6° Distrito Naval comemora o Dia do Marinheiro
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.