especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 28/08/2015 - 06h00

Moka alerta autoridades em Brasília sobre confronto iminente entre agricultor e índio




Divulgação

Moka se disse preocupado com possível confronto no Estado
Por Assessoria, com Agência Senado / Redação Pantanal News

O senador Waldermir Moka (PMDB-MS) fez um alerta nesta quinta-feira (27) para o iminente enfrentamento entre índios e agricultores na zona rural de Antônio João, município a 300 quilômetros de Campo Grande. Os produtores fecharam rodovias em protesto contra a invasão de cerca de mil índios a cinco propriedades em 10 mil hectares de terras da região.

Além do alerta no plenário, Moka comunicou autoridades federais em Brasília, como o vice-presidente, Michel Temer, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, sobre os últimos acontecimentos em Mato Grosso do Sul. O senador também intermediou contato do ministro com o governador Reinaldo Azambuja. “Se não houver ação imediata, o risco de ocorrer enfrentamento é grande”, afirmou.

O senador teme o enfrentamento porque produtores rurais e índios estão irredutíveis. No Senado, Moka afirmou que os índios ocuparam um distrito de Antônio João, expulsando os moradores, com o argumento de aquelas seriam terras indígenas. A área, entretanto, seria produtiva e estaria nas mãos de famílias de agricultores há mais de 50 anos.

No início da noite, Moka recebeu a informação de que, caso o governador Reinaldo solicite, o Governo federal vai autorizar a ida do Exército à região para garantir a segurança de ambos os lados. “Temos que fazer algo”, avisou ao ministro da Justiça e ao vice-presidente.

O senador disse que, caso ocorra confronto, haverá perda de vidas. “São brancos e não brancos. É a nossa gente, é a minha gente. Eu fico realmente sensibilizado”, declarou.

Moka pediu ainda a aprovação no Senado da PEC 71/2011, que assegura indenizações por benfeitorias e pela terra nua aos donos de terra que sejam consideradas reservas indígenas. Ele acredita que a proposta poderia ajudar a resolver os conflitos em seu estado.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/01/2018 - 09h40
Perguntas e respostas sobre o julgamento do recurso de Lula no TRF-4
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
22/12/2017 - 11h05
Acabou a dúvida: Puccinelli se anuncia como candidato ao governo do Estado
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 
Últimas notícias do site
20/02/2018 - 08h30
Cidades de MS amanhecem com ‘cara de inverno’ após madrugada chuvosa
19/02/2018 - 06h49
Semana começa com garoa e previsão é de tempo instável em MS
16/02/2018 - 06h53
AGENDONA: Fim de semana de enterro dos ossos, música, teatro, oficinas e mais
16/02/2018 - 06h13
Inmet prevê sol entre nuvens e chuva para sexta-feira em todo o MS
15/02/2018 - 16h16
A Falta de Educação
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.