zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Educação - 18/08/2015 - 06h15

Estudante do Pronatec de Coxim (MS) ganha medalha de prata na WorldSkills Competition




Por Assessoria / Redação Pantanal News

A estudante Iracema Arruda Vilalva do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) de Coxim (MS) conquistou uma medalha de prata na modalidade Panificação durante a 43ª edição da WorldSkills Competition. O Brasil sagrou-se campeão, superando países com tradição na educação profissional como a Coréia do Sul, 2º lugar, e Taipé Chinesa (Taiwan), 3º lugar. Após quatro dias de provas, a equipe brasileira foi premiada com 11 medalhas de ouro, nove de prata e nove de bronze.

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, destacou que a vitória do Brasil no WorldSkills é uma vitória do Pronatec, já que dos 31 medalhistas brasileiros, 28 tiveram acesso a formação profissional por meio do programa federal, incluindo os 11 jovens que ganharam medalha de ouro. “Isto muda o papel da educação profissional no país. Não faz mais sentido pensar que ela é inferior. Nossos esforços foram consagrados internacionalmente hoje. Os caminhos entre a educação e o mundo do trabalho só vão crescer”, afirmou.

O empenho em torno do Pronatec e da educação profissional pode ser observado na evolução do Brasil na WorldSkills. Na edição de 2011, realizada em Londres, o país ficou em 8º lugar na classificação geral. Em 2013, o Brasil subiu para a 5ª colocação, na competição de Leipzig, na Alemanha.

Para o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Marcelo Feres, a participação e os resultados obtidos pelos estudantes brasileiros na Worldskills 2015 demonstram que o Brasil está no caminho certo ao expandir a educação profissional para os nossos jovens. “A qualidade da educação profissional brasileira é comparável a de países que estão na ponta na área de educação profissional e precisar ser mais conhecida em nosso país para se tornar mais atrativa aos jovens”, disse Feres.

A Worldskills acontece a cada dois anos e reúne os melhores alunos selecionados em olimpíadas de educação profissional. Esta edição, a primeira a ser realizada na América Latina, teve a participação de cerca de 60 países e regiões membros. Ao todo, 1.189 competidores de até 22 anos disputaram o título de melhor profissional do mundo em 50 ocupações da indústria e do setor de serviços, como Artes Criativas e Moda; Construção e Tecnologia de Construção; Produção e Tecnologia de Engenharia; Serviços Sociais e Pessoais; Tecnologia da Informação e Comunicação; Transporte e Logística, entre outras. Nas provas, os competidores precisam executar tarefas do dia-a-dia das profissões que escolheram. Vencem aqueles que executam o trabalho dentro dos prazos e dos padrões internacionais de qualidade.

Worldskills - Em 65 anos de história, a competição reúne jovens qualificados de todo o mundo que trocam experiências de seus ofícios. A organização da competição foi do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), detentor de um dos cinco maiores complexos de educação profissional do mundo.

O Brasil envia representantes para o Worldskills desde 1983. Até este edição, os brasileiros já haviam conquistado 68 medalhas e 111 certificados de excelência. O país vem melhorando seu rendimento na competição passou de cinco medalhas, em 2005, para 12, em 2013. O número de competidores também vem crescendo: foi de 28, em 2011, para 56, em 2015.

Pronatec - O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal, também em 2011, com o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no país, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino médio público.

O Pronatec busca ampliar as oportunidades educacionais e de formação profissional qualificada aos jovens, trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
18/10/2017 - 16h10
Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep
18/10/2017 - 16h05
Corumbá: Estudantes devem fazer rematrícula para vaga na Rede Municipal de Ensino
23/09/2017 - 14h16
Uems conquista elevação da nota da Capes para o Mestrado Profeduc
22/09/2017 - 15h58
Aquidauana sedia encontro para debater inclusão no IFMS
19/09/2017 - 10h18
Alunos de escolas públicas de Aquidauana assistem a filmes nacionais com recursos de acessibilidade
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.