zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 18/08/2015 - 06h01

A Cartografia e os Rios Jaquirana e Javari




Fotos: Divulgação

Foz do Galvez



Rio Basã
Por Hiram Reis e Silva (*)

A cartografia é o conjunto de estudos e operações lógico-matemáticas, técnicas e artísticas que, a partir de observações diretas e da investigação de documentos e dados, intervém na construção de mapas, cartas, plantas e outras formas de representação, bem como no seu emprego pelo homem. Assim a cartografia é uma ciência, uma arte e uma técnica. (Antonio Carlos Castrogiovanni) 

Nas minhas intermináveis descidas pelos imensos caudais amazônicos tenho a oportunidade de confrontar cartas, mapas institucionais ou não com o terreno, e tenho verificado uma enorme discrepância entre aquilo que é observado no terreno e o que é retratado em documentos “oficiais”. São inúmeros erros em relação à nomenclatura de acidentes naturais ou de comunidades ribeirinhas ou ainda de sua localização real.

Vou tratar hoje especificamente à denominação do Rio Javari e seu formador o Jaquirana que durante tanto tempo foi objeto de estudo e discussão pelas Comissões de Limites, desde o século XVIII, e que os Mapas do IBGE, mostrando uma flagrante alienação histórica, trocam nos seus mapas do Estado do Amazonas e da Amazônia Legal o nome de parte do Rio Jaquirana a montante da foz do dito Galvez por Rio Javari. Os Mapas Multimodais do DNIT, por sua vez, simplesmente omitem o nome do Rio Javari, talvez para não incorrer no mesmo erro, mas trocam o nome do Rio Batã (ou Bathan), afluente da margem direita do Jaquirana, para Basã.

Façamos uma pequena digressão histórica para entendermos esta questão que se origina na Foz do Galvez, coordenadas – 5°10’34,37”S/ 72°53’1,74”O, uma pequena diferença do levantamento realizado por Cunha Gomes que considerou a confluência do Galvez com o Javari: 

— Latitude: 5°10’17,5” Sul.

— Longitude: 72°52’29” Oeste Gw.

— Altitude: 101,6 metros. 

 

Comissão Mista Luso-espanhola de 1781 

 

Já em 1781 e 1782 a Comissão Luso-espanhola demarcadora de limites, em virtude do Tratado Preliminar de 1777, tinha dúvidas, e não pode resolver qual dos dois braços era o tronco principal do Javari. 

Comissão Mista Brasileiro-Peruana de 1866 

O Comissário brasileiro Capitão-Tenente José da Costa Azevedo e o Comissário peruano Capitão-de-Mar-e-Guerra Dom Francisco Carrasco subiram o Javari e chegaram em 8 de setembro de 1866 a mais uma confluência, optando, novamente, pela da direita, mais volumosa. A menor foi denominada pelo Comissário peruano de Rio Galvez. 

Comissão Mista Brasileiro-Peruana de 1874 

 

Deprimido, em estado de estafa, seriamente doente, Tefé caiu de cama. Assim desceu o Rio Galvez até Tabatinga, no Rio Solimões. (TEFFÉ) 

 

A Comissão chefiada pelo Barão de Tefé e Guillermo Blake entrou na Foz do Javari, no dia 17 de janeiro de 1874, com um efetivo de 82 membros, atingindo as proximidades das nascentes do Javari, no Jaquirana, no dia 14 de março de 1874. A Expedição retornou ao Solimões com 55 sobreviventes, 27 haviam sucumbido à febre, à fome, ou às flechas dos Mayorunas. 

Comissão de 1898 

 

A 377 milhas da Foz do Javari finda a navegação a vapor e entra-se na zona de difícil trânsito. É na confluência do Rio Galvez com o Javari. Este segue então com o nome de Jaquirana até as suas nascentes. (GOMES) 

 

O Ministro das Relações Exteriores, General Dyonizio Evangelista de Castro Cerqueira nomeia o Capitão-Tenente Augusto da Cunha Gomes Chefe da Comissão de Limites determinando-lhe que determine a nascente do Rio Javari. Cunha Gomes afirma ter corrigido as coordenadas do Barão de Tefé verificando uma diferença de quase quatro segundos. Determinou que o Rio Javari era um prolongamento do Jaquirana e não do Galvez, como suspeitava Thaumaturgo. 

Fontes: 

 

CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos. Ensino de geografia: Práticas e Textualizações no Cotidiano – Brasil – Porto Alegre, RS – Mediação, 2000. 

 

GOMES, Augusto da Cunha. Comissão de Limites Entre o Brasil e a Bolívia – Re-Exploração do Rio Javari – Brasil – Rio de Janeiro – Typographia Leuzinger, 1899. 

 

TEFFÉ, Tetrá de. Barão de Tefé, Militar e Cientista, Biografia do Almirante Antônio Luís von Hoonholtz – Brasil – Rio de Janeiro – Centro de Documentação da Marinha, 1977.

 

(*) Hiram Reis e Silva é Canoeiro, Coronel de Engenharia, Analista de Sistemas, Professor, Palestrante, Historiador, Escritor e Colunista;

Ex-Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA);

Ex-Pesquisador do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx);

Assessor do Comando Militar do Sul (CMS);

Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS);

Presidente do Instituto dos Docentes do Magistério Militar – RS (IDMM - RS);

Sócio Correspondente da Academia de Letras do Estado de Rondônia (ACLER)

Membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil – RS (AHIMTB – RS);

Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS);

Colaborador Emérito da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG).

Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional (LDN).

E-mail: hiramrsilva@gmail.com;

 

Blog: desafiandooriomar.blogspot.com.br

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/05/2017 - 09h01
Heraldo Pereira e Bosco Martins: um breve reencontro entre amigos
04/05/2017 - 14h30
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte VI
02/05/2017 - 11h08
O poeta de Sobral
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 
Últimas notícias do site
26/06/2017 - 10h15
Rotai captura mais dois foragidos da justiça em Aquidauana
26/06/2017 - 09h40
Concursos em MS reúnem quase 300 vagas e salários de até R$ 14,9 mil
25/06/2017 - 15h13
Em Furnas do Dionísio, governador entrega obra de R$ 315 mil e anuncia novos investimentos
24/06/2017 - 10h02
Em época de festas juninas, cuidado com fogos e fogueira; confira dicas de segurança do Corpo de Bombeiros
23/06/2017 - 16h02
TVE em Maracaju: governador Reinaldo e prefeito Maurílio Azambuja reativam sinal neste sábado
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.