especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Esportes - 07/08/2015 - 15h31

Governo inicia preparação para o revezamento da tocha olímpica

ergipe foi o primeiro estado a receber uma série de encontros que tem por objetivo estabelecer as estratégias para o trajeto da tocha olímpica




Por Assessoria / Redação PantanalNews

O governo federal iniciou nesta sexta-feira (7), em Aracaju (SE), uma série de reuniões preparatórias em todas as capitais brasileiras incluídas. Na ocasião, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, ressaltou, a relevância e a oportunidade do revezamento para ampliar a visibilidade do país no exterior e conclamou as cidades a realizarem grandes celebrações durante a passagem da chama. A tocha olímpica percorrerá cerca de 300 municípios brasileiros a partir de maio do ano que vem.

“Queremos fazer do revezamento da tocha olímpica o grande momento para o Brasil se mostrar ao mundo. Vimos o que o Reino Unido fez quando a tocha passou por lá. Já pensou no que podemos fazer neste país continental, diverso, com povo hospitaleiro e belas paisagens?”, disse o ministro a uma plateia composta pelo governador de Sergipe, Jackson Barreto; o prefeito de Aracaju, João Alves Filho; o ministro interino do Esporte, Ricardo Leyser; além de autoridades e parlamentares de Sergipe.

O ministro comparou os números da Copa do Mundo de 2014 - três milhões de ingressos vendidos e 15 mil jornalistas - com os dos Jogos Olímpicos – 11 milhões de ingressos e 20 mil jornalistas - para dimensionar a grandeza do evento, que começa em 5 de agosto no Rio de Janeiro. “É uma oportunidade única e queremos aproveitá-la e fazer a maior Olimpíada de todos os tempos. E também para desenvolver o turismo e aumentar o fluxo de turistas internacionais para nossos destinos”, comentou o ministro. No ano passado, o país recebeu seis milhões de estrangeiros.

Ao saudar atletas olímpicos e paraolímpicos presentes no evento de abertura, o governador de Sergipe, Jackson Barreto, disse que o Brasil tem todas as condições de realizar uma grande Olimpíada. “Quero dividir com os sergipanos a emoção das reuniões preparatórias terem começado aqui no estado. Aqui começam os Jogos Olímpicos; e faremos todo o esforço para que a passagem da tocha seja o maior evento da história dos municípios de Sergipe”.

O ministro interino do Esporte, Ricardo Leyser, disse que o governo federal, com apoio dos estados, trabalha para nacionalizar a Olimpíada, levando seus benefícios a todo o país. Segundo ele, a captação dos jogos estimulou investimentos do governo federal na construção e recuperação de equipamentos esportivos em todo o país e servirá também para aumentar a consciência do brasileiro para a importância da prática de esportes. “Vivemos em um momento no qual saímos da pobreza e da desnutrição para enfrentarmos problemas de países ricos”.

A tocha chegará a Brasília, vinda da cidade grega de Olímpia, no dia 3 de maio. Da capital federal a tocha inicia um trajeto de 20 mil quilômetros, em comboio rodoviário, por mais de 300 cidades brasileiras (a lista não está totalmente fechada). Na Amazônia e em parte do Centro-Oeste o trajeto será por via aérea. A chegada será em 4 de agosto, na cidade do Rio de Janeiro, véspera da abertura dos jogos no Maracanã.  O comboio percorrerá de três a quatro cidades por dia e pernoitará em mais de 82 cidades (lista em aberto também), onde deverão acontecer grandes celebrações. Um dos objetivos das reuniões é sensibilizar os prefeitos. Em Sergipe, a tocha pernoitará em Aracaju e deverá passar também por Canindé do São Francisco, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora das Dores, Poço Redondo e Propriá. 

Leia mais sobre a Olimpíada em um espaço especial no portal do Turismo.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
01/12/2017 - 13h40
Em grupo com Suíça, Costa Rica e Sérvia, Brasil pode pegar Alemanha nas oitavas
29/11/2017 - 08h23
Prefeito determina estudos para construção de estádio municipal
24/11/2017 - 14h27
Fase preliminar é o primeiro desafio do Corumbaense na Copa Verde
13/11/2017 - 15h56
Federação confirma Corumbaense na Copa Verde ao lado do Operário
09/11/2017 - 14h49
Inscrições na Meia Maratona de Bonito só até dia 20; prova será no dia 2
 
Últimas notícias do site
18/12/2017 - 08h37
MS tem 7 concursos com inscrições abertas e salários de até R$ 19 mil
18/12/2017 - 06h44
Tempo instável e risco de temporais em todo o MS nesta segunda-feira
17/12/2017 - 12h10
IPVA 2018: entenda como é calculado o tributo e com base em que valores
16/12/2017 - 10h35
Com 13º em mãos, famílias vão às compras e movimentam comércio
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.