especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Brasil - 03/08/2015 - 07h15

Cães salvos de cheia no RS por morador terão de sair de abrigo

José Damião dos Santos usou ônibus para salvar mais de 100 cachorros. Homem de 47 anos está em terreno cedido por associação de moradores.




Nelson Fernandes/Arquivo Pessoal

José resgatou dezenas de cães durante cheia em Alvorada
Por Rafaella Fraga do G1 RS / Redação Pantanal News

Abrigados no terreno de uma associação de moradores de Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre, os cerca de 70 cães resgatados da enchente de julho pelo morador José Damião dos Santos, de 47 anos, terão que deixar o local. Os animais estão na área há pouco mais de uma semana.

José perdeu quase tudo na enchente que atingiu a cidade no último mês. A água invadiu a casa dele, no bairro Americana, atingindo também o terreno baldio ao lado da residência, onde há anos ele cuidava de cachorros abandonados na cidade. Os animais foram recolhidos por ele e colocados dentro de um ônibus, a salvo das cheias.

A atitude de José foi parar nas redes sociais, em uma página no Facebook (clique aqui para acessar) e motivou uma corrente de solidariedade em Alvorada. A repercussão do caso gerou doações, principalmente de sacos de ração.

No entanto, José foi comunicado pelo presidente da Associação de Moradores do bairro Formosa, Rogério Sampaio Bandeira, responsável pela área onde os cães foram abrigados, que terá de retirá-los dali. “Temos que usar a área para nossas atividades. Tínhamos um sopão, os convites estavam vendidos, mas tivemos que cancelar. E os moradores vizinhos estão reclamando também”, explica Bandeira ao G1.

“Nesses momentos a gente tem que ser solidário. Mas não imaginei que fossem tantos cães. E que fosse ser em um tempo prolongado”, diz ele, que representa os moradores do bairro Formosa.

Com o tempo seco, a água na casa de José está baixando, mas aos poucos. É hora de limpar o terreno e arrumar o que sobrou da enchente. Porém, falta estrutura para que ele possa cuidar de tantos animais. São cerca de 70 cachorros – dos mais de 100 que ele resgatou. Muitos já foram adotados, mas outros tantos ainda precisam de atenção e cuidados.

“Ele vai ter que pegar o ônibus e voltar para casa. Mas é pequeno, não há espaço no pátio para todos” diz o voluntário Nelson Fernandes, que ajudou as vítimas da enchente em Alvorada e ficou comovido com a história de José.

Conforme Nelson, algumas pessoas aproveitaram a situação e deixaram mais animais para serem cuidados por José. “Muitos abandonam mais animais, alguns doentes”, lamenta. Ele pede ajuda no poder público. “A campanha na internet foi muito legal, muito grande, mas nada foi resolvido. A gente esperava que a prefeitura ajudasse com alguma estrutura”, comenta.

O resgate
A enchente em Alvorada inundou casas e desabrigou milhares de pessoas. José, que tinha 15 cachorros, mora com a família no bairro Americana, um dos mais atingidos pela cheia. A residência dele ficou completamente alagada.

Quando a água subiu, o morador decidiu levar os animais para dentro do seu ônibus antigo, parado perto de casa. Desalojada, a família ficou na casa de uma filha, em Viamão, município vizinho. Já José passou a noite dentro do ônibus, junto com os cachorros.

Os cães são atendidos por voluntários. Interessados em colaborar podem encaminhar doações para uma conta criada no nome do próprio José no Banco do Brasil, agência 1430-3 e número 120.000-3. O CPF é 663.484.040-72. Mais informações podem ser obtidas na página do Facebook da campanha (clique para acessar).

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
10/11/2017 - 08h57
Márcia Cabrita morre aos 53 anos
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
11/10/2017 - 08h00
Horário de verão 2017 começa neste domingo; moradores de 10 estados e DF devem adiantar relógio em 1 hora
14/09/2017 - 10h20
'Geladeira solidária' disponibiliza alimentos de graça em São Carlos, SP
04/08/2017 - 08h50
Luiz Melodia morre aos 66 anos, em decorrência de câncer de medula
 
Últimas notícias do site
11/12/2017 - 14h35
Homens ameaçam policias com faca e são presos
11/12/2017 - 07h05
PMA de Aquidauana realiza Educação Ambiental para alunos e professores indígenas
11/12/2017 - 06h40
Semana começa sem chuva em boa parte de MS e máxima chega aos 38ºC
08/12/2017 - 15h54
Final de semana será de chuva e temperaturas altas em todo MS
07/12/2017 - 10h30
Comando do 6° Distrito Naval comemora o Dia do Marinheiro
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.