especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Aldeias do Pantanal - 24/07/2015 - 09h23

Estudantes de SP atendem índios no colo em trabalho voluntário em MS

Projeto surgiu em Diocese de Jales, no interior de SP, há cinco anos. Indígenas recebem serviços de saúde uma vez por ano na aldeia Jaguapiru.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

Universitários atendem índios em trabalho voluntários de saúde em Dourados (Foto: Reprodução/TV Morena)Universitários atendem índios em trabalho voluntários de saúde em Dourados (Foto: Reprodução/TV Morena)

Em consultórios improvisados na escola e na quadra de esportes da aldeia, indígenas de Mato Grosso do Sul recebem atendimento saúde bucal na aldeia Jarapiru em Dourados, a 214 km de Campo Grande.

O trabalho voluntário faz parte do projeto Unividas, que envolve um grupo de universtiário do interior de São Paulo.

A ideia do projeto surgiu há cinco anos, a partir de um projeto social do padre Eduardo Lima. Ele fez parcerias com universidades e instituições que selecionam acadêmicos do último ano para atuar na prática por uma semana dentro da aldeia, uma vez por ano.

O objetivo é humanizar o atendimento, segundo o padre. As consultas são feitas dentro da escola da aldeia, em consultórios improvisados onde os pacientes deitam no colo dos futuros profissionais de odontologia.

"A gente acrescenta o trabalho humanitário. Olhamos hoje a sociedade e existe uma escassez de trabalho que humanize. Nós falamos tanto em profissionalismo, em ética profissional, em cidadania e quando entramos em contato com realidade bem atípica àquela que estamos acostumados, sobretudo os universitários, a gente entende um pouco o que é humanizar", ressaltou o padre.

Desde então, os indígenas podem ter acesso a serviços básicos de saúde, como atendimentos de odontologia e exames. No primeiro ano do projeto, 19 acadêmicos estiveram na aldeia. Atualmente são cerca de 150 universitários.

O trabalho para mudar a saúde bucal dentro da aldeia é feito desde o início do projeto. Quem mora na aldeia, aprova a iniciativa e diz que demonstra gratidão pelo trabalho recebido. Os voluntários dizem que a experiência não é só profissional.

"Em faculdade a gente tem materiais bons, equipamentos bons, está todo mundo ali, tem o pessoal que pega material, que faz as coisas. Aqui não, aqui é a vida", disse o estudante Pedro Hiaggo.

Rafaela Pereira, também universitária diz que vai levar várias experiências. "Para casa eu vou levar de tudo, tirando o choro que já chorei. São tantas crianças que cada uma que cada uma, antes de eu deitar, vou lembrar do rosto de cada uma. Porque a gente aprende a dar valor nas coisas que a gente tem em casa, na faculdade da gente, saber que o que nossos pais proporcionam e saber que essas crianças não têm a metade do que a gente tem", explicou.

Segundo a professora Ivana Esteves, o projeto já apresenta melhorias na aldeia. "Nesses cinco anos que a gente tem de atividade, nós conseguimos essa melhoria. Eu acredito que já seja um avanço, afinal de contas, a odontologia está aí para melhorar o sorriso e a saúde e não para mutilar", avaliou.

Universitários atendem índios em trabalho voluntário de saúde em Dourados (Foto: Reprodução/TV Morena)Universitários atendem índios em trabalho voluntário de saúde em Dourados (Foto: Reprodução/TV Morena)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
26/10/2017 - 07h05
MS: Cestas de alimentos beneficiam 2.855 mil famílias indígenas
05/05/2017 - 16h18
Campanha de vacinação dos povos indígenas 2017 começa nesta sábado
23/03/2017 - 10h58
Mato Grosso do Sul: Indígenas recebem cestas de alimentos da Conab
09/02/2017 - 10h14
Presidente nacional da Funai visita Dourados e áreas de conflito em MS
23/01/2017 - 07h27
Mitologia dos índios Guaranis vai representar o Brasil no Festival de Berlim
 
Últimas notícias do site
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
12/12/2017 - 14h30
Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional
12/12/2017 - 12h51
Emoção, luzes e alegria marcam a noite de abertura da Vila do Natal em Aquidauana
12/12/2017 - 08h51
Governo divulga resultado dos recursos do concurso da Polícia Civil
12/12/2017 - 08h42
Calor predomina e meteorologistas alertam para baixa umidade do ar
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.