zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 15/07/2015 - 08h15

Força-tarefa discute desapropriação do bairro Cidade de Deus




Fotos: Divulgação




Por Joelma Belchior do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf, recebeu, na tarde desta terça-feira (14), representantes do Ministério Público, da Procuradoria Geral do Município de Campo Grande, da Guarda Municipal, da Secretaria de Estado de Habitação e da Polícia Militar, para discutir estratégias para a desocupação da Cidade de Deus.

Considerado área verde do município, o local foi invadido no final do ano de 2013, logo após a prefeitura realizar a retirada de 300 famílias, que foram inseridas em programas habitacionais do Governo do Estado, Governo Federal e município, e beneficiadas com moradias. “Hoje existem no local cerca de 400 famílias, que juntas somam mais de 1.200 pessoas, porém, pelo menos metade delas já possuem moradias ou já foram beneficiadas com programas habitacionais”, explica o procurador Geral do Município, Fábio Leandro.

Durante a reunião realizada no gabinete da Sejusp, no Parque dos Poderes, em Campo Grande, o secretário de Governo de Campo Grande, Paulo Matos, propôs aos presentes a realização de um levantamento detalhado, através do cadastramento de todos os moradores, para então traçar as estratégias para a desocupação.

Ilídia Miglioli Sokoloski, adjunta da Secretaria de Estado de Habitação, destacou que durante todo o processo, inclusive de cadastramento, é preciso levar em consideração a parte social. “Sabemos que no local há muitas pessoas que possuem moradias, porém, é necessário que o município organize um local para abrigar essas pessoas, mesmo que seja provisoriamente até a solução definitiva do problema”, disse.

O secretário Sílvio Maluf afirmou a importância da negociação com as famílias, para que a desocupação seja feita de forma pacífica. “Daqui a 30 dias iremos nos reunir novamente e a partir desse levantamento que a prefeitura irá realizar, traçaremos as estratégias para a desocupação, mas acreditamos que em havendo um local apropriado, as famílias irão se mudar de forma pacífica”, finalizou.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 10h12
7º Batalhão PM realizou “Operação Pacificador” durante feriado
16/10/2017 - 07h39
PMA conclui operação no feriadão e autua mais infratores que em relação a 2016
13/10/2017 - 09h32
PMA de Aquidauana autua campo-grandense por captura de peixe fora de medida
13/10/2017 - 07h50
PMA autua cinco pessoas por pesca ilegal
 
Últimas notícias do site
16/10/2017 - 16h36
MS terá sistema de aviso de alagamentos por celular a partir de 2018
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 11h25
Restituição do IR já está disponível para 31,5 mil contribuintes de MS
16/10/2017 - 10h57
Semana começa com mais de 400 vagas em concursos e salários de até R$ 14 mil
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.