especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 14/07/2015 - 06h57

Ventos de 37 km/h derrubam árvores e postes em Dourados, MS

Segundo Embrapa, ventos a partir de 30 km/h são considerados fortes. Em um bairro da cidade, uma árvore caiu sobre uma casa.




Reprodução/TV Morena

Árvores e postes caíram e fio de alta-tensão ficaram espalhados pela cidade.
Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

Uma ventania que durou quase o dia inteiro causou muito estrago emDourados, distante 214 quilômetros de Campo Grande, nesta segunda-feira (13). Árvores e postes caíram e fio de alta-tensão ficaram espalhados pela cidade.

O fornecimento de iluminação pública foi interrompido e a rua precisou ser interditada. Funcionários da prefeitura e da concessionária de energia estiveram no local.

Em outro bairro da cidade uma árvore caiu em cima de uma casa. A cobertura de estacionamento e placar de propaganda também não aguentaram a força do vento.

Segundo o núcleo de meteorologia da Embrapa, os ventos aqui em Dourados chegaram a 37 quilômetros por hora. A partir de 30 eles são considerados fortes o bastante para provocar estragos como os de hoje. Mas na verdade o clima tem castigado toda a região Sul do estado.

Outros municípios
Em 
Ponta Porã, a 326 quilômetros da capital sul-mato-grossense, choveu 123 milímetros no fim de semana. O triplo do que estava previsto para todo mês de julho. Uma ponte em um bairro da cidade não aguentou a água dos últimos dias e caiu.

Já em Deodápolis, distante 245 quilômetros de Campo Grande, foi uma chuva forte de granizo que assustou os moradores. Segundo esse agrometeorologista, tudo isso é comum.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
01/12/2017 - 12h48
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos em Corumbá
30/11/2017 - 08h12
Reinaldo recebe ministro das Cidades para entrega de 327 casas no interior
29/11/2017 - 07h05
Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá
 
Últimas notícias do site
12/12/2017 - 14h30
Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional
12/12/2017 - 12h51
Emoção, luzes e alegria marcam a noite de abertura da Vila do Natal em Aquidauana
12/12/2017 - 08h51
Governo divulga resultado dos recursos do concurso da Polícia Civil
12/12/2017 - 08h42
Calor predomina e meteorologistas alertam para baixa umidade do ar
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.