zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Esportes - 14/07/2015 - 06h05

Com recorde mundial e dobradinha, Brasil encerra o primeiro dia de provas com seis medalhas no Mundial Paralímpico de Natação

A delegação do país soma três medalhas de ouro e três medalhas de prata na competição mais importante do ano na modalidade. Provas vão até dia 19 e são transmitidas ao vivo no site do CPB




Por Assessoria / Redação Pantanal News

 O Brasil encerrou o primeiro dia de disputas do Mundial Paralímpico de Natação, em Glasgow, Escócia, com muito a comemorar. Ao todo, foram três medalhas de ouro, três de prata e um recorde mundial. O país fechou o dia na primeira colocação no quadro geral do campeonato. A competição é a mais importante do ano da modalidade e se estende até o dia 19 na piscina do Tollcross International Swimming Centre. Além de medalhas, ainda há disputa por vagas para os Jogos Paralímpicos do Rio-2016. Todas as provas estão sendo transmitidas pelo site do Comitê Paralímpico Brasileiro (www.cpb.org.br).

 
O destaque do dia foi o recorde mundial no revezamento misto 4x50m livre 20 pontos. Formado por Clodoaldo Silva, Joana Neves, Esthefany de Oliveira e Daniel Dias, o time brasileiro ficou com a medalha de ouro depois de uma prova bem disputada. O grupo concluiu o percurso em 2min29s80, pouco mais de três segundos mais rápido que o antigo recorde mundial, que também pertencia à equipe brasileira.
 
"Fico muito feliz em poder representar o Brasil, ganhar uma medalha de ouro e ainda ajudar a equipe a bater um recorde mundial. É uma estreia perfeita", disse a debutante em Mundiais e caçula da delegação Esthefany de Oliveira.
 
A jovem nadou ao lado de grandes nomes da modalidade, como Daniel Dias e Clodoaldo Silva, que a incentivaram a fazer o melhor possível. "Falei ainda hoje para elas [Joana e Esthefany] que nosso esporte é individual e no revezamento é a hora que mostramos que somos um time mesmo. Foi importante estar no time com todos eles e essa conquista é de todos", concluiu Daniel Dias.
 
Antes do revezamento, contudo, a tarde já havia sido recheada de conquistas para o Brasil. Na classe S10, o país alcançou uma dobradinha nos 50m livre, com Andre Brasil em primeiro (23s20) e Phelipe Rodrigues em segundo (23s81). "A gente sempre quer mais. O último ano foi difícil para mim, com a contusão, o tempo fora da piscina. Me emociono por ter conseguido voltar a vencer. Hoje fiquei feliz só de sair do box sem sentir dor alguma. Essa medalha foi importante para mim", disse o campeão.
 
A outra medalha de ouro do Brasil, a primeira dourada do país na competição, na verdade, veio com o multicampeão Daniel Dias, classe S5, nos 50m costas. Daniel completou a distância em 35s34 e ficou à frente do atleta da casa, Andrew Mullen, e Beytullah Eroglu, da Turquia.
 
Minutos antes de Daniel colocar o Brasil no alto do pódio pela primeira vez, Matheus Rheine já havia ganhado uma medalha de prata, nos 100m livre S11 (cego total), com o tempo de 59s20, atrás apenas do americano Bradley Snyder. Outro que ficou com a prata em sua prova foi Carlos Farrenberg nos 50m livre S13 (baixa visão). Carlão completou a disputa em 24s13, atrás do bielorrusso Ihar Boki, que concluiu em 23s20.
 
Também pularam na piscina em busca de medalhas nesta segunda Talisson Glock, classe S6, e Regiane Nunes, classe S11. Talisson ficou em quinto nos 400m livre, com 5min15s08, e Regiane também foi a quinta colocada nos 100m livre, com 1min14s45.
 
Nesta terça-feira, 14, 11 atletas brasileiros caem na piscina durante a manhã para buscar uma vaga na final. Roberto Alcalde enfrenta os 100m peito SB5; Paloma Sampaio nada os 100m peito SB5; Raquel Viel, os 200m medley SM12/SM13; Fabiano Toledo, os 100m peito SB6; Susana Schnarndorf, os 100m peito SB6; Vanilton Nascimento e Ruiter Silva, os 100m livre S9; Verônica Almeida, os 100m peito SB7; Matheus Rheine, os 400m livre S11; Ronystony Cordeiro, os 50m livre S4; e Edênia Garcia, os 50m livre S4.
 
O Mundial Paralímpico de Natação conta com a participação de 571 atletas de 67 países. A delegação brasileira é formada por 23 nadadores. Na última edição da competição, em Montreal, em 2013, o Brasil ficou em sexto no quadro geral de medalhas, com 26 no total, sendo 11 de ouro, nove de prata e seis de bronze.
 
Convênio – Ministério do Esporte 
A participação da Seleção Brasileira de Natação do Mundial de Glasgow é custeada por um convênio entre o Ministério do Esporte e o Comitê Paralímpico Brasileiro.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/10/2017 - 07h52
Campeões brasileiros de Canoagem Descida são definidos no Mato Grosso do Sul
05/09/2017 - 10h35
Brasil joga hoje contra a Colômbia defendendo sequência de nove vitórias
31/08/2017 - 14h47
Paraguai se junta a Argentina e Uruguai para sediar a Copa do Mundo de 2030
10/08/2017 - 12h41
Caras novas: Tite chama Cássio e Luan para duelos contra Equador e Colômbia
31/07/2017 - 15h04
​Divulgada a classificação do Desafio Piraputanga de Mountain Bike
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.