especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 09/07/2015 - 06h00

No Senado, Moka pede correção no projeto de duplicação da BR-163




Por Assessoria / Redação Pantanal News

O senador Waldemir Moka (PMDB-MS) informou nesta quarta-feira (8) que prefeitos de 14 municípios do Mato Grosso do Sul, incluindo o de Campo Grande, capital do estado, cobraram da Agência Nacional de Transportes Terrestres a solução para um problema no projeto de duplicação da BR-163, que liga aquele estado ao Mato Grosso, e é uma importante via para o transporte de grãos.

Segundo o senador, o projeto não prevê obra de rotatória, contorno ou outra alternativa que minimize os impactos que o fluxo de veículos deve gerar nos municípios que a rodovia deve cortar. Isso, em sua opinião, deve ser corrigido para evitar problemas para os moradores dessas cidades e usuários da rodovia.

“Ao cortar uma cidade, por menor que seja, a rodovia traz impacto. E é preciso, além de fazer o contorno, sinalizar muito bem, até para evitar acidentes”, alertou o senador.

Conflito agrário

O senador Moka também defendeu proposta que muda a Constituição, prevendo a indenização de proprietários detentores de boa-fé de terras que forem declaradas tradicionalmente indígenas. Pela proposta, a indenização será feita pelos valores da terra nua e das eventuais benfeitorias úteis e necessárias erguidas na propriedade, disse o senador.

“É um instrumento para que o governo possa, pelo menos, tentar pacificar esse ambiente que hoje, no Mato Grosso do sul, está muito tenso”, afirmou o senador.

O clima de tensão a que Moka se referiu envolve conflito ocorrido há duas semanas no sul de Mato Grosso do Sul, onde duas propriedades foram invadidas por indígenas.

Segundo o senador, em uma das propriedades houve até um início de conflito. Por isso, ele também cobrou uma ação do governo federal para evitar esse tipo de situação.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/01/2018 - 09h40
Perguntas e respostas sobre o julgamento do recurso de Lula no TRF-4
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
22/12/2017 - 11h05
Acabou a dúvida: Puccinelli se anuncia como candidato ao governo do Estado
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 
Últimas notícias do site
23/02/2018 - 10h30
Informe Energisa
23/02/2018 - 10h25
Corumbá: Prefeito faz balanço dos 100 dias de gestão e apresenta ações para 2018
23/02/2018 - 07h20
Prefeito Marcelo Iunes e Clube de Desbravadores Formigas de Corumbá ajudam ribeirinhos de Aquidauana e Anastácio com campanha de arrecadação de donativos
22/02/2018 - 14h02
Marinha divulga edital do concurso para Fuzileiro Naval
22/02/2018 - 10h15
De cão a periquito: animais salvos da cheia dão cara de lar a abrigo
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.