zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 08/07/2015 - 09h01

'Não pode ser rotina', diz sindicato sobre mortes de policiais em MS

Tornar hediondos crimes contra policiais não basta para resolver problema. Sindicato afirma que cinco policiais civis morreram entre 2014 e 2015.




Reprodução/TV Morena

Por G1 MS / Redação Pantanal News

Para a família do policial civil Weslen de Souza Martins, um ano e quatro meses não foram suficientes para a aliviar a dor da morte. Martins foi morto durante um assalto a uma farmácia em Campo Grande, em março 2014.

O assassino atirou no investigador também morreu no mesmo dia, em confronto com a polícia. Um outro suspeito envovlido no crime foi preso. O sentimento é de revolta para o irmão da vítima, que também é policial civil.

Uma lei sancionada pela Presidência da República quer mudar essa realidade. Torna crime hediondo e qualificado o assassinato de policiais civis, militares, rodoviários e federais, além de integrantes das forças armadas. A pena que era de 6 a 20 anos subiu para 12 a 30 anos.

Na semana passada em Tacuru, no sul do estado, o policial civil José Nivaldo de Almeida foi morto por um homem armado. O suspeito, conhecido da polícia, tem 27 anos e está foragido.

Os dados de morte de policiais preocupam. Entre 2014 e 2015, cinco policiais civis morreram em Mato Grosso do Sul durante o exercício da profissão.

Nos últimos quatro anos, foram 21 policias militares que perderam a vida no estado em confronto com bandidos.

A aplicação da lei é retroativa, por isso, a punição mais rigorosa será válida apenas para os crimes a partir de agora. A lei também protege cônjuges e parentes até o terceiro grau de policiais. Para a categoria, a mudança representa um avanço, porque pode diminuir a estatística que tanto preocupa os policiais.

 

O sindicato dos policiais civis diz que só a mudança na legislação não basta para resolver o problema. "A gente precisa de investimentos em segurança pública, no policial, naquele que está portando aquela arma, aquele distintivo, porque os crimes contra os policiais não podem ser rotina", ressaltou o diretor do Sinpol/MS, Giancarlo Miranda.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 10h45
PMA autua pescador e apreende barco, motor e 10 kg de pescado
20/10/2017 - 09h09
PMA prende jovem com rifles e munições ilegais
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.