especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Jurídico - 06/07/2015 - 09h43

TJ-MS pretende criar 290 cargos para atender metas de trabalho




Roberto Higa / ALMS

Poder Judiciário envia projeto que cria 290 cargos para ser votado na Assembleia
Por Leonardo Rocha do Campo Grande News / Redação Pantanal News

O TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) enviou projeto para Assembleia para criação de 290 cargos ao Poder Judiciário, sendo 260 efetivos e 30 comissionados. A proposta visa garantir reserva mínima de servidores, com o objetivo de cumprir as metas estipuladas pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Dos 260 cargos efetivos, serão 10 vagas para analista judiciário e mais 250 analistas que vão compor o Banco de Cargos Empregos Públicos. Além deste montante, haverá criação de mais 30 cargos comissionados, na função de assessor jurídico de juiz. Segundo o projeto, esta ação será para manutenção de reserva de servidores para suporte operacional frente a modernização dos serviços.

O Tribunal justifica que o CNJ estipula anualmente metas para o Poder Judiciário e que o Tribunal de Justiça do Estado tem tido “destaque” no país, tanto que foi agraciado com o “selo diamante” de qualidade e por esta razão quer dar continuidade a estes bons serviços prestados.

As vagas serão providas gradativamente de acordo com a necessidade de serviço e disponibilidade financeira. Os analistas judiciários que entrarem vão acumular funções. O projeto ainda prevê alteração no adicional, sendo uma medida tanto de “economicidade”, assim como escassez de mão de obra, devido ao crescimento da demanda de trabalho.

Todas as despesas serão decorrentes de dotação orçamentária própria, que se houver necessidade haverá suplementação. De acordo com o Tribunal, a proposta atende a Constituição Estadual e regimento interno da instituição, além das regras estipuladas pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal).

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
12/01/2018 - 14h50
Fórum abre inscrições para estágio em direito em Anastácio
22/09/2017 - 08h30
Lei proíbe uso do capacete em estabelecimento comercial público
05/09/2017 - 08h00
Juízes de MS lideram ranking de produtividade entre tribunais do país
10/07/2017 - 14h50
Aquidauana lidera entre as cidades com maior número de videoconferências
17/04/2017 - 08h00
Carreta da Justiça abre atendimentos nesta 2ª feira em Bodoquena
 
Últimas notícias do site
20/02/2018 - 15h56
Cerca de 30 famílias estão desabrigadas em Aquidauana e rio pode alagar cidade, diz Defesa Civil
20/02/2018 - 10h50
Chuva desde madrugada alaga casas e interdita rodovia de acesso ao Pantanal de MS
20/02/2018 - 09h36
Capital acumula 188 milímetros de chuva, quase o esperado no mês
20/02/2018 - 08h30
Cidades de MS amanhecem com ‘cara de inverno’ após madrugada chuvosa
19/02/2018 - 06h49
Semana começa com garoa e previsão é de tempo instável em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.