zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 29/06/2015 - 08h09

Assembleia Legislativa promove encontro de familiares e vítimas de hanseníase




Por Assessoria / Redação Pantanal News

O primeiro encontro com filhos separados pelo isolamento compulsório das pessoas vítimas de hanseníase será realizado nesta segunda-feira (29), a partir das 15h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. A proposição é do vice-presidente da Comissão de Saúde da Casa de Leis, deputado Amarildo Cruz (PT), juntamente com o Movimento de Reintegração de Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan).

O objetivo é reunir pessoas que foram separadas dos pais que tinham hanseníase na década de 90 para um debate, na tentativa de sensibilizar a população e o Governo Federal do holocausto vivido por essas pessoas, além de mostrar para a sociedade que a hanseníase é uma doença que possui tratamento e cura. Conforme o Morhan, a separação das famílias atingidas pela hanseníase era imposta como forma de evitar o contágio de outras pessoas.

Durante décadas, os doentes foram separados do ambiente social de forma repentina e internados em instituições fechadas, que eram conhecidas como leprosários ou hospitais-colônia. Os filhos eram levados para educandários ou orfanatos e entregues a outras famílias e muitos desapareceram. Depois de liberados dos leprosários, muitos pais que buscaram seus filhos nunca os encontraram.

Para o deputado Amarildo Cruz, a luta do movimento é legítima. "Naquela época, os portadores da hanseníase eram 'caçados' pela guarda sanitária e isolados de seus familiares. Muitas pessoas nunca mais reviram seus entes queridos. É justo que eles sejam indenizados por isso, embora o trauma psicológico não tenha como ser ressarcido", declarou.

*Com informações da assessoria de imprensa do parlamentar Amarildo Cruz.

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 16h10
Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
18/10/2017 - 16h05
Corumbá: Estudantes devem fazer rematrícula para vaga na Rede Municipal de Ensino
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.