zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 24/06/2015 - 09h08

Polícia Ambiental apreende 300 kg de pescado ilegal com pescador profissional




Por Bruno Chaves do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – Uma carga de 300 kg de pescado ilegal foi apreendida pela Polícia Militar Ambiental durante fiscalização na MS-429, nesta terça-feira (23). A ação foi comandada pelos militares de São Gabriel do Oeste.

Os peixes apreendidos são das espécies cachara, pintado, jaú e dourado. Eles faziam parte de uma carga guardada em um veículo GM D20, conduzido por um pescador profissional, que fazia o transporte sem a Guia de Controle de Pescado (GCP), documento obrigatório para a comprovação da origem do produto. O pescado estava embrulhado em uma lona, sem condições sanitárias adequadas de transporte. 

Todo a carga e o veículo foram apreendidos e o pescador, de 46 anos, residente em Coxim, foi autuado administrativamente e multado em R$ 6,7 mil. A PMA vai verificar se o elemento realizou vistoria em mais pescado, que possa exceder a cota. Se exceder a 400 kg mês, ele responderá por crime, que prevê pena de um a três anos de detenção. Se não, responderá somente administrativamente.

Após a abordagem, o infrator apresentou uma carteira de pescador profissional, que estava vencida desde outubro de 2014 e alegou que somente transportava o pescado, que pertencia a outro pescador profissional. Os peixes serão doados para instituições filantrópicas de São Gabriel do Oeste.

Normalmente os pescadores fazem este transporte sem lacre, porque a cota por mês é de 400 kg, por pescador. Se ele vende pescado sem GUIA, então pode capturar acima da cota, o que se caracteriza crime. A legislação exige a vistoria, para controle da pesca e controle de estoque pesqueiro no Estado, pois os dados que são tomados na GUIA, servem para pesquisas relativas às populações e o consequente controle, para o caso de alguma espécie que esteja sendo sobrepescada, ou algum desequilíbrio, que exija medida de controle à pesca.

Comunicação PMA.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 10h12
7º Batalhão PM realizou “Operação Pacificador” durante feriado
16/10/2017 - 07h39
PMA conclui operação no feriadão e autua mais infratores que em relação a 2016
13/10/2017 - 09h32
PMA de Aquidauana autua campo-grandense por captura de peixe fora de medida
13/10/2017 - 07h50
PMA autua cinco pessoas por pesca ilegal
 
Últimas notícias do site
16/10/2017 - 16h36
MS terá sistema de aviso de alagamentos por celular a partir de 2018
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 11h25
Restituição do IR já está disponível para 31,5 mil contribuintes de MS
16/10/2017 - 10h57
Semana começa com mais de 400 vagas em concursos e salários de até R$ 14 mil
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.