zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Educação - 26/05/2015 - 06h20

Reinaldo Azambuja reafirma diálogo com professores e repudia politização e uso partidário de greve

Conforme anúncio da categoria, os educadores devem cruzar os braços a partir do próximo dia 27.




Divulgação

Por Bruno Chaves do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – A greve dos professores da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul não deve sofrer partidarização. O pedido é do governador Reinaldo Azambuja, que lamentou, nesta sexta-feira (25), uma possível politização do movimento anunciado pela Federação dos Trabalhadores em Educação do Estado (Fetems). Conforme anúncio da categoria, os educadores devem cruzar os braços a partir do próximo dia 27.

Durante agenda na Assembleia Legislativa, Reinaldo reafirmou à imprensa que o as conversas sobre o reajuste salarial da categoria continuam, mesmo com a recusa da proposta do governo de dobrar o salário dos professores até 2022 – com a primeira parte do reajuste de 4,34% em outubro de 2015. Esse ano, a categoria já contou com reajuste de 13,01%, dado em dezembro de 2014 como antecipação a data base de maio de 2015.

“Infelizmente estão querendo politizar essa questão, mas nós vamos continuar tratando os professores com responsabilidade, pois o governante tem que ter responsabilidade de propor algo possível e que dê para cumprir”, disse o governador. “Isso é um movimento nacional e sabemos que estão politizando. Se você tiver uma conversa no meio dos professores, você vê claramente isso”, completou.

Conforme o governador, Mato Grosso do Sul é o único estado do Brasil que deu reajuste de 13,01% para todos os professores da Rede Estadual de Ensino em 2015. Os professores do Estado ainda recebem o terceiro maior salário do País, mesmo diante de uma grave crise que assola os estados e a União, como queda de arrecadação e diminuição da atividade econômica.

Em Mato Grosso do Sul, os educadores já recebem o piso nacional. Mais que isso, o Estado paga 38,84% acima do piso. Enquanto o teto nacional para 20 horas semanais de trabalho é de R$ 1.917,78, Mato Grosso do Sul paga R$ 2.662,83.

“Nossa proposta é honesta e da melhor maneira possível, que dá pra cumprir. Só Mato Grosso do Sul cumpriu na integralidade [o reajuste de 13,01%]. Alguns cumpriram, mas parcialmente. Então mostra que nós estamos no diálogo e buscando o entendimento”, ponderou.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/09/2017 - 14h16
Uems conquista elevação da nota da Capes para o Mestrado Profeduc
22/09/2017 - 15h58
Aquidauana sedia encontro para debater inclusão no IFMS
19/09/2017 - 10h18
Alunos de escolas públicas de Aquidauana assistem a filmes nacionais com recursos de acessibilidade
19/08/2017 - 06h01
UFMS recebe 2ª edição da Feira do Trabalho no começo de setembro
25/07/2017 - 16h02
Divulgada marca da etapa Centro-Oeste dos Jogos dos Institutos Federais
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
18/10/2017 - 10h09
Com chuvas isoladas, temperatura em MS chega a 41ºC na sexta-feira
18/10/2017 - 09h38
Com temperatura de até 41 graus, outubro já teve 87 mm de chuva
18/10/2017 - 09h23
Polícia captura mais dois foragidos da justiça
18/10/2017 - 08h13
Calor e vento propagam incêndio que já destruiu 30 mil hectares de parque
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.