especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 18/05/2015 - 07h13

Casamento: de saúde a “certificado do amor”, Caravana da Saúde também faz a felicidade de casais




Jessica Barbosa

Vice-presidente do TJMS, desembargador Paschoal.

Jessica Barbosa

“Certificado do amor”, definiu o noivo sobre a oficialização do casamento.

Jessica Barbosa

Diversos títulos estão a disposição dos usuários durante a caravana.

Chico Ribeiro

Nem o tempo frio de Ponta Porã na manhã deste domingo (17) impediu a estudante de medicina Dayse Elizangela Ferreira Ovando, 40 anos, de colocar um vestido de noiva para oficializar a união com o namorado Paulo Roberto Marques, 31. O casal selou o namoro de um ano e três meses na Justiça Itinerante, oferecida na segunda etapa da Caravana da Saúde.
Por Luciana Brazil e Bruno Chaves do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Ponta Porã (MS) – Nem o tempo frio de Ponta Porã na manhã deste domingo (17) impediu a estudante de medicina Dayse Elizangela Ferreira Ovando, 40 anos, de colocar um vestido de noiva para oficializar a união com o namorado Paulo Roberto Marques, 31. O casal selou o namoro de um ano e três meses hoje, na Justiça Itinerante, oferecida na segunda etapa da Caravana da Saúde – que acontece desta vez na fronteira do Estado.

“Só existe felicidade, não existe frio. Sempre foi meu sonho e eu quis que fosse assim”, disse Dayse antes de chegar ao ônibus do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS). Além de economizar quase um salário mínimo, ela e o engenheiro de produção aproveitaram a chance para fugir da burocracia. “Aqui foi tão fácil, pediram poucos documentos e hoje viemos para casar de verdade”, contou.

A vontade de ficar juntos, legalmente, já existia para os dois, mas o casamento foi decidido às pressas depois que a mãe de Dayse, a aposentada Eva Ferreira de Jesus, 70, avisou que na Caravana do Governo do Estado muita gente estava “dando o sim dentro da lei”. “A gente estava limpando a casa quando a minha mãe avisou”, disse a noiva.

O vestido de noiva já tinha chegado há alguns dias, presente de uma amiga, e o smoking de Paulo foi presente também, mas de uma professora da noiva. Sobre os filhos, Dayse avisou que só virá depois que terminar o curso de medicina. “Já estou no último ano, então vou deixar para depois”, brincou.

O domingo também foi de muita emoção para o casal Adriano José Oliveira, 36, e Juliana Alves, 30. Depois de 11 anos vivendo juntos, só neste domingo eles conseguiram oficializar a união para viver na lei como marido e mulher. “Aproveitamos a oportunidade”, resumiu ele.

Cidadania

Desde a primeira etapa da Caravana, realizada em Coxim, em março deste ano, diversas instituições e órgãos públicos oferecem serviços essenciais à população para promover a cidadania.

Um desses parceiros é o TJMS, que só ontem (16) realizou 60 casamentos em Ponta Porã. “Com a Justiça Itinerante, o tribunal atende o direito da família oferecendo união estável, divórcios e ações de alimentos. Queremos aproximar a Justiça do cidadão”, explicou o vice-presidente do TJ, desembargador Paschoal Carmello Leandro.

 

Com uma filha de um ano, Fernando Akiito, 28, e Natália Elizabel, 21, também aproveitaram para casar na Justiça Itinerante, evitando a burocracia e os gastos com documentação. “Só queremos o certificado do amor. Lá fora demora muito e é caro pra casar, aqui em 10 minutos conseguimos oficializar. É gratuito e rápido”, disse ele.

Entre os parceiros da Caravana está o Hemosul, que reuniu militares do Exército e da Polícia Militar para doação de sangue na cidade de fronteira. “Esse é um evento que deveria acontecer mais vezes”, disse o militar Wellignton Alexandre Camargo Gonçalves, 21.

Doador universal, com tipo sanguíneo O+, o jovem contou que já está acostumado a doar e lembrou quando um tio precisou de sangue para sobreviver. “Desde que servi no Exército sou doador. Um tio precisou de sangue há um tempo e não tinha estoque no hospital da cidade e eu fui lá para doar”, revelou.

Destinada a realizar procedimentos de saúde, outra parceria do projeto, a Ong Onça Pintada concretizou quase 90 mamografias só no primeiro dia (16) em que esteve na Caravana. “Fizemos 87 atendimentos só neste sábado, o dia em que chegamos”, contabilizou o presidente da organização, Rodrigo Machado. A expectativa é realizar até 150 exames até o fim deste domingo.

Já a Biblioteca do Sesc, também parceira da Caravana, é responsável por proporcionar um pouco de lazer e cultura para quem vai ao mutirão e quer passar o tempo se entretendo com um livro. “É bom perceber que as pessoas se interessam pela leitura. Nas caravanas elas estão gostando muito. Algumas ainda falam que faltam bibliotecas aqui”, comentou.

Além de promover a saúde e melhorar a infraestrutura de atendimento por onde passa, a Caravana da Saúde contribui na prestação de diversos serviços à população. Entre os parceiros fundamentais para que a cidadania ocorra estão a Fundação do Trabalho do Estado (Funtrab), o Procon/MS, o TJMS, a Ong Onça Pintada, o Exército Brasileiro, a Universidade Federal do Estado (UFMS) e outros.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
13/11/2017 - 11h30
Lei: deputado Dr. Paulo Siufi cria “Agosto Verde” para prevenir depressão e outros males
08/11/2017 - 16h10
Sesau investiga morte de macaco, animal hospedeiro da febre amarela
31/10/2017 - 14h46
Cirurgia de Ruiter teve início na tarde desta terça-feira
31/10/2017 - 09h07
Com quadro clínico estável, prefeito de Corumbá já está sendo operado
 
Últimas notícias do site
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.