especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 15/05/2015 - 06h50

Governo anuncia investimento de R$ 7,7 bilhões com ampliação da fábrica da Fibria em Três Lagoas




Por Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja anunciou, nesta quinta-feira (14), a ampliação da Fibria, em Três Lagoas, com investimentos que ultrapassam R$ 7 bilhões. “É extremamente importante para o estado de Mato Grosso do Sul trazer investimentos deste porte em um momento de retração econômica. Isso é resultado de uma pauta de trabalho propositiva que a gestão estadual está tratando com as empresas instaladas aqui e com novos investidores”, ressaltou o governador.

O Governo de Mato Grosso do Sul e o Conselho de Administração da Fibria estavam em negociação desde o início deste ano para a consolidação do empreendimento. A implantação desta segunda etapa da gigante da celulose deve acontecer imediatamente, pois todo o processo de licenciamento ambiental e de funcionamento para o início das obras já estão regulamentados.

Secretário de Estado de desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Jaime Verruck disse que esse projeto empresarial efetiva o Mato Grosso do Sul como o maior produtor de celulose do Brasil que também passa a ser uma referência para o mundo. “Esse investimento representa um impacto na ordem de 3% do PIB industrial do Estado, além de tornar o estado o maior produtor de celulose do país”, explicou.

A instalação do projeto Horizonte 2 deve geral entre 8 a 10 mil empregos somente na fase da construção da obra. Quando entrar em operação, a nova linha de celulose da Fibria terá 3 mil postos de trabalho, entre diretos e indiretos. “O Estado vai contribuir também com qualificação desta mão de obra que será absorvida na ampliação da fábrica da Fibria”, disse Verruck.

Projeto Horizonte 2

O anúncio da ampliação da Fibria representa um dos maiores investimentos privados do País com foco em exportação. O Projeto Horizonte 2 terá investimentos de R$ 7,7 bilhões (equivalente a cerca de U$ 2,5 bilhões), gerando aproximadamente 40 mil empregos diretos e indiretos durante a obra e arrecadação de impostos da ordem de R$ 450 milhões.

A nova linha de produção terá capacidade de 1,75 milhão de toneladas de celulose/ ano. Somada à atual, a unidade já instalada no município, chegará a uma capacidade total de 3 milhões de toneladas/ano, transformando-se em um dos maiores sites de produção de celulose de eucalipto do mundo. Com isso, a capacidade total de produção da Fibria, somará mais de 7 milhões de toneladas de celulose/ano.

O valor de investimento do projeto Horizonte 2 será realizado com recursos próprios provenientes da forte geração de caixa da companhia e com financiamentos de diversas fontes como BNDES, agências de créditos de exportação (ECAs), Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste, bancos comerciais e mercado de capitais.

A execução do projeto contará com cerca de 60 fornecedores locais. Ao longo das obras, a Fibria irá promover 500 mil horas de treinamento na área Florestal e outras 390 mil horas de treinamento na área Industrial, incluindo a preparação da equipe própria e de terceiros.

O suprimento de madeira necessário para a operação da nova fábrica virá de florestas cultivadas no Mato Grosso do Sul e o aumento da demanda de eucalipto já está devidamente planejado. Serão necessários 174 mil hectares de florestas plantadas em áreas próprias, arrendamento e parcerias, além da compra de madeira futura de terceiros. Atualmente, a empresa já conta com excedente de 107 mil hectares plantados ou sob contratos de plantio. Com o projeto Horizonte 2 a unidade industrial passará a ter um excedente de 160 MWH, que contribuirá para o balanço energético brasileiro. 

Beatricce Bruno

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.