zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 30/04/2015 - 06h00

Caravana da saúde atende 500 pacientes na primeira manhã de consultas

O objetivo é reduzir o numero da fila de procedimentos para pacientes dos oito municípios que compõe a microrregião: Amambaí, Antonio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas e Tacuru.




Por Jefferson Gonçalves do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Ponta Porã (MS) – A segunda edição da Caravana da Saúde iniciou nesta quarta-feira (29) os primeiros atendimentos oftalmológicos para a microrregião de Ponta Porã. O objetivo é reduzir o numero da fila de procedimentos para pacientes dos oito municípios que compõe a microrregião: Amambaí, Antonio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas e Tacuru.

Cerca de 500 pessoas compareceram no início da manhã para as primeiras consultas oftalmológicas da Caravana da Saúde. Os pacientes que realizam a consulta já saem com o encaminhamento para a realização das cirurgias programadas para começarem na quinta-feira (30), em Ponta Porã.

Satisfeitos com a chegada do programa na cidade, pacientes dos municípios da microrregião destacaram a alegria de receber atendimento imediato após anos de espera na fila para procedimentos.

FullSizeRender_2
Diarista Conceição da Silva Duarte conseguiu cirurgia após dois anos de espera 

Para a diarista e moradora em Ponta Porã, Conceição da Silva Duarte, 49 anos, a confirmação de sua cirurgia representa um alivio após dois anos aguardando na fila do SUS. “Estive por dois anos aguardando vaga para fazer uma cirurgia pelo SUS e a Caravana preparou tudo. É um grande presente, pois eu enfrentava muita dificuldade no trabalho e até mesmo em casa por causa da catarata. É a primeira vez que vejo um programa deste porte na cidade e voltado para a saúde da população”, destacou Conceição.

FullSizeRender
Costureira Augusta Escurra Acosta vai operar olho direito após 20 anos

Durante 20 anos a costureira Augusta Escurra Acosta sofria com uma visão fraca no olho direito. Ao tomar conhecimento dos trabalhos da Caravana da Saúde, resolveu buscar tratamento oftalmológico. “No começo eu percebi uma fraqueza no olho direito, não enxergava bem, mas deixava de lado e a visão voltava ao normal. Com o passar dos anos o problema foi aumentando e se tornando permanente. Soube da Caravana e já tive a minha cirurgia marcada. Para mim é uma alegria, principalmente por receber a garantia de voltar a enxergar e costurar como antes”, disse Augusta.

FullSizeRender_1
Há seis meses Margarida Medina Ávalo notou dificuldade em enxergar 

Para Margarida Medina Ávalo, 60 anos, moradora em Antônio João, a distância sempre foi um empecilho na busca de tratamento para a visão. “Moro em Dourados, mas fico grande parte do tempo em uma fazenda em Antônio João e sempre foi uma dificuldade para conseguir atendimento. Há seis meses percebi que minha visão está fraca e tenho buscado atendimento. Soube da Caravana da Saúde através de uma agente e resolvi vir para ter um diagnóstico. Não foi necessária uma intervenção cirúrgica, mas os cuidados oferecidos pelas pessoas envolvidas nesse programa são de grande importância para o conforto do paciente. É algo que a população dos municípios ficará bem satisfeita”, destacou Margarida.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 07h52
Campeões brasileiros de Canoagem Descida são definidos no Mato Grosso do Sul
17/10/2017 - 07h46
Confira o resultado da 2ª fase do concurso para delegado da Polícia Civil
17/10/2017 - 06h22
Meteorologia prevê calorão, mas possibilidade de chuva à tarde
16/10/2017 - 16h36
MS terá sistema de aviso de alagamentos por celular a partir de 2018
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.