zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Aldeias do Pantanal - 23/04/2015 - 06h32

No mês do índio, Rose reforça ações de combate ao sub-registro civil




Divulgação

Por Leomar Alves Rosa do Notícias MS/ Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – No Mês do Índio, a vice-governadora e secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Rose Modesto, reafirmou o compromisso do Governo do Estado no combate ao sub-registro civil em Mato Grosso do Sul principalmente para os índios, neste primeiro momento. No último domingo (19), na Aldeia Urbana Darcy Ribeiro em Campo Grande, foi realizada a assinatura de termo que estabelece parceria com a Defensoria Pública na realização de ações voltadas ao combate do sub-registro.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sub-registro é o conjunto de nascimentos não registrados no próprio ano de nascimento ou no 1º trimestre do ano subsequente de populações indígena, zona rural, quilombolas ou qualquer cidadão que se encaixe no perfil.

De acordo com a secretária, esse acordo com a Defensoria Pública, somado ao serviço já realizado pelo Comitê Gestor Estadual para a Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e Ampliação do Acesso à Documentação Básica de Mato Grosso do Sul (CEESRAD), ligado também à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), irá fortalecer as ações no Estado. “Nós vamos atuar de forma incisiva com ações efetivas para que esse sub-registro seja minimizado ao máximo. A população indígena será um dos principais focos dessas ações”, disse.

A Sedhast, por meio da Superintendência de Direitos Humanos e também do Comitê Gestor, realiza atividades para identificar a população não registrada , bem como a população sem condições financeiras de acesso à documentação básica e o mapeamento de localidades, visando a também a elaboração de planos para o registro de nascimento e organização das ações de acesso à população aos documentos básicos como Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), Registro Geral (RG) e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

Conforme a superintendente de Direitos Humanos da Sedhast, Ana Lúcia Américo, as próximas ações da secretaria, ainda no primeiro semestre de 2015, em parceria com o Comitê Gestor, estão em processo de elaboração para posterior divulgação.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/05/2017 - 16h18
Campanha de vacinação dos povos indígenas 2017 começa nesta sábado
23/03/2017 - 10h58
Mato Grosso do Sul: Indígenas recebem cestas de alimentos da Conab
09/02/2017 - 10h14
Presidente nacional da Funai visita Dourados e áreas de conflito em MS
23/01/2017 - 07h27
Mitologia dos índios Guaranis vai representar o Brasil no Festival de Berlim
03/01/2017 - 10h01
Indígenas de Mato Grosso do Sul recebem cestas de alimentos
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 16h42
PMA autua fazendeira por degradação em margem de rio
17/10/2017 - 16h02
Aprovado projeto que incentiva entidades filantrópicas
17/10/2017 - 15h58
Membro atuante da CPI, Dr. Paulo Siufi apoia reivindicação de trabalhadores da JBS
17/10/2017 - 14h39
Bombeiros fazem sobrevoo para avaliar combate a fogo que já destruiu 20 mil ha
17/10/2017 - 14h00
Fazendeiro é autuado em R$ 18 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.