TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 14/04/2015 - 06h22

Cachorro salva criança de 2 anos de ataque de cobra venenosa em MS

Cão sem raça definida foi picado por cobra conhecida como Urutu Cruzeiro. Caso aconteceu na casa da família no bairro São Conrado, na capital.




Por Juliene Katayama do G1 MS / Redação Pantanal News

Belinha não corre risco de morte, mas continua internada para observação (Foto: Juliene Katayama/G1 MS)Belinha não corre risco de morte, mas continua internada para observação (Foto: Juliene Katayama/G1 MS)

A cachorra Belinha está se recuperando em uma clínica veterinária depois de ser picada por uma cobra da espécie Bothrops alternatus, popularmente conhecida como Urutu Cruzeiro. O cão sem raça definida foi ferido na quinta-feira (9), ao defender um menino de 2 anos de ser atacado pelo animal peçonhento.

O caso aconteceu na casa da auxiliar de limpeza Patrícia dos Santos Camargo, de 28 anos, no bairro São Conrado, região sul de Campo Grande. A rapidez na busca por atendimento médico foi um fator essencial para salvar a cadelinha, segundo a médica veterinária Ana Carlina Quirino.

Ao G1, Patrícia contou que ao chegar em casa do culto na quinta-feira percebeu que Belinha estava com comportamento estranho, já que costuma receber seus donos com muita euforia.

Naquele dia, Patrícia abriu o portão entrou na moto com o filho de dois anos e a cachorrinha continuou olhando para a grama, onde estava a cobra.

Ela entrou com o filho e depois de dez minutos o marido chegou, o que também não tirou a cadelinha do lugar. Em seguida, a mulher decidiu lavar roupa e o filho foi para o quintal brincar.

Neste momento, Belinha estava ao lado da porta, onde costuma dormir, ensanguentada. Desesperada Patrícia chamou o marido para ver o que tinha no quintal. Ele o irmão de Patrícia foram ver a grama onde a cadelinha estava. Ao jogar a luz da lanterna no local, encontraram a cobra. “Ali é escuro, mas quando meu marido jogou a luz da lanterna vimos a cobra que estava pronta para dar o bote”, disse a auxiliar de limpeza.

Os homens pegaram uma enxada e das cinco tentativas, acertaram duas vezes a cobra, que morreu. Depois, chamaram o Corpo de Bombeiros para pegar o animal, que foi levado até o veterinário.

“A cachorra estava avisando que não era para chegar ali, ela é muito sentimental, ela sempre protege a gente”, contou Patrícia.

O fato aconteceu por volta das 20h30. Patrícia procurou uma clínica veterinária pela internet e conseguiu chegar uma hora depois. Mesmo assim, a veterinária Ana Carlina disse que a agilidade salvou a vida do animal. “Trazer rapidamente foi o que salvou o animal”, explicou.

Segundo a médica, foi feito um procedimento de emergência e aplicado soro antiofídico.
Belinha continua internada em observação para saber se vai ter mais complicações. A veterinária disse que já foi detectado problema nos rins e há chance de necrosar parte da face, deixando ferida aberta. Por enquanto a salvadora vai continuar internada, sem previsão de alta, sendo visitada todos os dias pela dona.

Apesar da situação financeira apertada, Patrícia disse que nem pensou nas despesas. “Não queria nem saber quanto ia ficar o tratamento, só pensei em salvar a Belinha. Até agora já gastei R$ 700”, finalizou.

Belinha demonstra total recuperação ao ver dona que retribui com muito carinho. (Foto: Juliene Katayama/G1 MS)Belinha demonstra total recuperação ao ver dona que retribui com muito carinho. (Foto: Juliene Katayama/G1 MS)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
01/12/2017 - 12h48
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos em Corumbá
30/11/2017 - 08h12
Reinaldo recebe ministro das Cidades para entrega de 327 casas no interior
29/11/2017 - 07h05
Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.