zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 26/03/2015 - 11h45

Tratamento imunoterápico para melanoma é o primeiro a ser aprovado em modelo especial de acesso no Reino Unido

Medida facilita acesso a medicamentos inovadores para pacientes em estágio avançado da doença




Por Assessoria / Redação Pantanal News

 São Paulo, março de 2015 - Pembrolizumabe, imunoterapia da MSD indicada para o tratamento do melanoma avançado - o mais agressivo dos cânceres de pele -, é o primeiro medicamento aprovado pelo Early Access to Medicines Scheme (EAMS), programa do governo do Reino Unido desenvolvido para acelerar o acesso ao tratamento de necessidades médicas não atendidas.

O medicamento, cuja marca internacional é Keytruda, inaugura o projeto britânico que tem como objetivo facilitar o acesso a medicamentos ainda sem licença de comercialização na Europa. Os produtos incluídos no projeto precisam ser reconhecidos como inovadores e terem recebido aprovação prévia da agência sanitária do Reino Unido - a Medicines and Healthcare Products Regulatory Agency (MHRA) - com base em uma avaliação científica.

Um grande número de pacientes com melanoma avançado, que possuem poucas opções de tratamento disponíveis, será beneficiado com o acesso acelerado ao medicamento da MSD no Reino Unido. Dentro do esquema da EAMS, o produto será disponibilizado gratuitamente no sistema público de saúde do Reino Unido.

Pembrolizumabe é uma inovação recente dentro da imunoterapia - abordagem de tratamento que utiliza o poder do sistema imunológico para combater o câncer e que ganhou força na última década. O medicamento funciona ao bloquear mecanismos que inibem o sistema imunológico, potencializando a ação contra o tumor.

Especialistas destacam os resultados positivos obtidos nos estudos clínicos com pembrolizumabe - que são mais duradouros que os obtidos com tratamentos já estabelecidos para o melanoma avançado, com efeitos colaterais menos agressivos. O medicamento já está sendo comercializado nos Estados Unidos e encontra-se em fase de aprovação no continente europeu pela agência regulatória europeia (EMA).

Sobre pembrolizumabe
Pembrolizumabe é um anticorpo monoclonal humanizado cuja função é aumentar a capacidade de o sistema imunológico combater o melanoma avançado por meio do bloqueio da interação entre PD-1 e seus ligantes, PD-L1 e PD-L2. Ao ligar-se ao receptor PD-1 no linfócito T e bloquear a interação deste com seus ligantes, o medicamento antagoniza a inibição da resposta imunológica contra o tumor, causada pela interação entre PD-1 e seus ligantes. Pembrolizumabe também está sendo avaliado em mais de 30 tipos de câncer, como câncer de pulmão, cabeça e pescoço e câncer gástrico, como monoterapia e em combinação.

Sobre Melanoma 
Melanoma é a forma mais agressiva de câncer de pele, caracterizada pelo crescimento descontrolado das células produtoras do pigmento do órgão. O câncer de pele é o mais frequente no Brasil e corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados no País. O melanoma representa apenas 4% das neoplasias malignas do órgão, porém, é o mais grave devido à sua alta possibilidade de metástase e letalidade. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), este ano, esperam-se 2.960 casos novos de melanoma em homens e 2.930 em mulheres no país.¹

Sobre MSD
A MSD é líder mundial em cuidados com a saúde e trabalha para ajudar as pessoas de todo o mundo a ficar bem. Por meio de nossos medicamentos, vacinas, terapias biológicas e produtos de saúde animal, trabalhamos em parceria com nossos clientes em mais de 140 países para oferecer soluções inovadoras na área da saúde. Também faz parte do nosso compromisso buscar alternativas para aumentar o acesso da população a nossos medicamentos e fazemos isso por meio de programas e parcerias em todo o mundo. 

Sobre MSD no Brasil
Presente no Brasil desde 1952, a MSD conta com cerca de 2.300 funcionários no país, que respondem por todas as divisões globais da companhia: Saúde Humana, Saúde Animal e Pesquisa Clínica. Sua sede fica em São Paulo, e conta atualmente com seis unidades fabris, nas cidades de São Paulo, Barueri, Sousas e Cruzeiro. Para mais informações, acesse www.msdonline.com.br.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.