zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cultura - 11/03/2015 - 06h39

Sarau 900: TVE e 104 FM apoiam “Caldeirão” que virou referência cultural




Divulgação

Por Notícias MS/ Redação Pantanal News

A Rádio Educativa FM 104 e a TVE estão apoiando a realização nessa quarta-feira da 900º edição do Sarau do Zé Geral, encontro de músicos e compositores que se tornou referência musical em Campo Grande e contribui para a afirmação da identidade cultural de Mato Grosso do Sul. O músico José Geraldo Ferreira participou do Jornal do Rádio e falou sobre o “ caldeirão musical” e a festa que nessa quarta-feira, 11 de março, marca a nongentésima edição do sarau.“O Sarau do Zé Geral não apenas promove as artes e as criações e movimentos artísticos, mas também afirma a nossa identidade cultural. O governo apoia todas as manifestações populares e culturais, exemplo é a destinação de percentual do orçamento à cultura”, lembra o secretário Sérgio de Paula, chefe da Casa Civil.

 

“O sarau de antigamente e o atual não diferem no objetivo, que é a celebração da arte, embora traga inovações”, observa o diretor-presidente das emissoras do governo, jornalista Bosco Martins. Segundo ele, a TV Educativa e a 104 FM são parceiras de todas as iniciativas que buscam a reafirmação da identidade cultural e a efervescência musical na programação das emissoras públicas mostra esse compromisso. “O sarau é uma festa transcendental, pode envolver dança, poesia, leitura de livros, música acústica e também outras formas de arte. Só temos a louvar essa edição histórica em que as apresentações solo, demonstrações, interpretações e performances artísticas vão demonstrar a força da cultura”, diz Bosco Martins.

O musicólogo Américo Yule lembra que Zé Geral, natural de Governador Valadares (MG) nasceu de novo em Mato Grosso do Sul e aqui, não só fincou raiz, mas fez reflorescer a arte. “Quem trabalha com cultura ou de alguma forma trabalha com arte em Campo Grande, conhece ou no mínimo já ouviu falar de Zé Geral”. Ele reunia músicos e compositores como Paulo Simões e Geraldo Espíndola na artistas na antiga Penha MN, que funcionava na Avenida Afonso Pena. Ali era o QG da criação musical e Zé Geraldo fazia do local uma verdadeira oficina de harmonia, recebendo cantores para exibições acústicas.

“Quase sem querer, Zé Geral, como passou a ser conhecido, vivendo de aulas e bares na noite, fixou residência na rua 13 de maio, e como recebia músicos visitantes que no mínimo tomavam um café, começou as noites com apresentações voluntárias de amigos mas que com o tempo se formou uma clientela assídua, fazendo com que em 1997 Zé Geral batizasse sua reunião de amigos como Sarau do Zé Geral. E por lá passaram músicos de todas as esferas, mas principalmente a música regional, o rock e a MPB, com shows maravilhosos de artistas como Geraldo Espindola, Zézinho do Forró, Jerry Espindola, canjas de Guilherme Rondon e muitos outros convidados”.

“O Sarau do Zé Geral se tornou uma referência não só aos músicos, mas artistas plásticos, atores e outros que sentiam-se em casa, em um lugar onde podiam mostrar seu trabalho, sua poesia e encontrar amigos em um ambiente cultural’, diz Yule.

Edição histórica

A festa dessa edição história do Sarau do Zé Geral acontece nessa quarta-feira a partir das 19h na Oka Brasil Hostel (rua Jeribá 454, atrás da Câmara Municipal, com ingressos a R$ 10 para artistas e R$ 25 ao público).

Estarão reunidos com esse “provocador de cultura” Caxingue, Edson Nesk   Cruz, Jorge de Barros Oliveira Barros Olveira, Lauro Ferrari, Pró-teste rap, Josue Soares, Marco Túlio Schneider, Raimundo Edmario Guimarães Galvao, Renata Christóforo, Mara Barros, Grupo de dança Praça Bolivia Tikay, Bibi Carvalho, Eva Vilma, Vanda Ferreira Bugra Sarara, Carlão batera, Keila Mattioli, Cesar Esteves, Diego Maderal, Beth Terras e Adote Cia. de Teatro, Alex Kundera, Jane Jane, Simona Oliveira, Gilson Espíndola, Edson & Eduardo Arimura, Emmanuel Marinho, Lenilde Ramos, Carlos Colman, Andréa Freire, Roger Simmons, Ana Cabral, Zé Pretim Bluesman Trio, Rodrigo RodTex Teixeira, Ju Souc, Jaime Miguel Barrera Miguelito, Carlinhos Batera, Zézinho do Forró, Marcos & Maria Claudia Mendes, Jerry Espíndola, Karina Marques, Whisky De Segunda e Begèt De Lucena.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
10/11/2017 - 13h08
AGENDONA: Fim de semana tem atração internacional, rap, reggae e até grito de carnaval
09/11/2017 - 12h45
Com relíquias no acervo, Arquivo Público guarda detalhes valiosos de MS
03/11/2017 - 09h27
AGENDONA: Fim de semana tem youtubers famosos, Guilherme Rondon e muito mais
03/11/2017 - 07h37
Em clima de quintal, encontros têm samba de gafieira com energia super carioca
 
Últimas notícias do site
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
20/11/2017 - 10h35
Militares de Campo Grande ajudam em buscas a submarino na Argentina
20/11/2017 - 09h13
Sem-terras são autuados em R$ 11 mil por exploração ilegal de madeira
20/11/2017 - 08h50
Terreiros saem pelas ruas com oferendas para lembrar Oxum e pedir respeito
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.